08 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 17º

Dois jovens morrem em troca de tiros com a polícia ao roubar caminhão

Lucas Santana, 18, e Murilo Fernandes, 24, morreram na noite de ontem em uma troca de tiros com a polícia após sequestrarem um motorista e tentarem  roubar o caminhão que ele dirigia. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Centro de Campo Grande. O caminhoneiro Almides Soares, 37, estava nas proximidades do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) quando foi abordado por quatro indivíduos em duas motocicletas. Os homens que estavam na garupa o renderam e obrigaram o caminhoneiro a dirigir até a cidade de Terenos, onde foi amarrado e ameaçado. Em seguida um dos criminosos recebeu um telefonema indicando que se dirigissem para a cidade de Rochedo. No trajeto o dono da empresa em que o Almides trabalhava, que por coincidência também estava na região, avistou o caminhão e notou que se tratava de seu funcionário, o empresário foi em direção ao caminhão e questionou o porque Almides estava na companhia de outras duas pessoas, com medo o motorista disse que havia dado carona aos indivíduos. Desconfiado o homem acionou a equipe da polícia e relatou o ocorrido. Após efetuarem buscas pela cidade, a equipe de policiais encontrou o veículo e de imediato foi recebida a tiros pelos assaltantes. Murilo foi atingido com um tiro no tórax e outro no abdômen e Lucas foi alvejado com dois tiros no tórax. Os rapazes foram encaminhados para a Santa Casa de Campo Grande, porém, não resistiram e acabaram morrendo. O motorista assim como os  policiais não sofreram nenhum tipo de ferimento, o caminhão foi encaminhado para o pátio da Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos) que também ficará responsável pelas investigações. Clayton neves