04 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 24º

Acrissul se reúne para decidir se participa de encontro com Lula nesta manhã

A Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) marcou uma reunião hoje, às 9h, para decidir se participa ou não do encontro com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que será realizado na Fiems (Federação das Indústrias do Estado Mato Grosso do Sul), às 11h. Os produtores rurais estudam o boicote pela inércia do governo federal que ainda não resolveu os conflitos entre índios e fazendeiros por terras no Estado. As informações são do presidente da Acrissul, Francisco Maia.

No Mato Grosso do Sul, 79 propriedades rurais estão ocupadas. A Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) divulgou em nota que não participará do evento. Segundo o texto, o boicote pretende fazer com que o ex-presidente “seja porta-voz de uma realidade de indefinição que gera violência e traz prejuízos sociais e econômicos ao Estado e ao País”. Os produtores alegam ainda que inúmeras ações de reintegração de posse deixaram de ser cumpridas e que vivem num clima de insegurança no campo, além de ter o direito de propriedade violado.

Diana Christie