24 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 21º

"AMIGO DO PRESIDENTE"

AO VIVO: "Cascavel, ministro de fato" da gestão de Pazuello fala hoje na CPI da Pandemia

Empresário é ganhou "nomeação" de ministros por ser "tomador de decisões" e "resolvedor de burocracias"

A- A+

Amigo do presidente Jair bolsonaro, o empresário Airton Antonio Soligo - conhecido como Airton Cascavel - fala hoje (05.ago.2021) na Comissão Parlamentar (CPI da Pandemia), apontado como o "ministro de fato" da gestão de Eduardo Pazuello. 

Ex-assessor do Ministério da Saúde, Airton foi exonerado no mesmo dia que Pazuello deixou o ministério, como aponta o portal Brasil de Fato. Ainda, segundo a própria Comissão Parlamentar de Inquérito, Cascavel é amigo do Pazuello e participou de agendas públicas e reuniões com o ex-ministro. 

Randolfe Rodrigues (Rede-AP), senador autor do requerimento, ressaltou que diversos gestores, estaduais e municipais, consideravam Antonio como "ministro de fato", por ser apontado como resolvedor de questões burocráticas e logísticas do Ministério. 

“Durante a gestão Pazuello, da qual o senhor Airton Antonio Soligo teve papel preponderante, o Brasil presenciou o colapso dos sistemas de saúde pelo país”, apontou o senador. 

AMIGO DE JAIR

O próprio Airton afirmou ter negociado com o presidente Jair Bolsonaro o apoio a um candidato à prefeitura de Boa Vista, capital de Roraima, nas eleições municipais de 2020. Em 7 de setembro de 2020, enquanto ocupava cargo como assessor especial do Ministério da Saúde no governo Bolsonaro, durante uma convenção do PSL de Roraima, Cascavel disse que o então pré-candidato Antonio Nicoletti teria o apoio do presidente nas eleições municipais.

“Na sexta-feira [4 de setembro], pedia para o Bolsonaro: ‘presidente, grave para o Nicoletti uma mensagem’. E ele [Bolsonaro] disse: ‘Cascavel, você pode dizer a Boa Vista que o Nicoletti é meu candidato, é o candidato do Bolsonaro”, disse o então assessor da Saúde na ocasião, segundo o portal Brasil de Fato.