17 de junho de 2024
Campo Grande 26ºC

Aposentadoria de conselheiro do TCE é publicada e Puccinelli indica nome amanhã

A- A+

Foi publicada hoje, a aposentadoria de José Ricardo Cabral, conselheiro do TCE (Tribunal de Contas do Estado). No dia 25 de novembro Cabral apresentou o pedido, e até então, a vacância não tinha sido anunciada.

Devido a demora do anuncio, houve a exoneração do de Nilton leopoldino Rodrigues,  diretor de Gestão de Pessoas do tribunal, isso porque, os deputados estaduais Jerson Domingos (PMDB) e Londres Machado (PR), reclamaram a imprensa e pessoalmente no Tribunal, respectivamente.

Após a assinatura de Cabral, que aconteceu ontem, de praxe, a documentação seria encaminhada ao governador do Estado, André Puccinelli (PMDB), pelo corregedor da corte fiscal, o conselheiro Ronald Chadid, que atualmente se encontra em viagem.

Puccinelli é o responsável pela indicação do nome para ocupar a vaga de Cabral. Ontem, em entrevista a imprensa, o governador disse que tem  três nomes em mente. Dois que disputam o cargo são os republicanos, Antonio Carlos Arroyo, atual deputado estadual e Edson Giroto, secretário de obras do Estado. Em relação ao terceiro nome, Puccinelli fez suspense e não declarou.

Porém, na tarde de ontem aconteceu uma reunião entre o governador e os deputados Jerson e Arroyo, e a noite, durante evento da Diplomação dos deputados estaduais e governador eleito, Puccinelli, em entrevista ao site MS Notícias confidenciou que o nome será indicado nesta quarta-feira, e ao que tudo indica será de Arroyo. A publicação como o nome oficial deve sair no DOE na quinta-feira.

Caso a vacância não fosse anunciada neste ano, a nomeação do conselheiro ficaria à cargo do governador eleito, Reinaldo Azambuja (PSDB).

A aposentadoria de José Ricardo Cabral foi publicada na manhã de hoje do DOE (Diário Oficial do Estado), decreto nº 5.324. O motivo da aposentadoria de Cabral seria para tratamento médico.

Tayná Biazus

*Matéria editada às 10h05 para acréscimo de informação