28 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 22º

Prefeitura se reúne com representantes do BID por projeto de revitalização no centro

A- A+

O prefeito Alcides Bernal (PP) esteve reunido na manhã desta segunda-feira (28) no gabinete da esplanada, com representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para apresentação do projeto de requalificação da rua 14 de julho em Campo Grande. As informações foram apresentadas pela Coordenadora da Central de Programas e Projetos Especiais, Catiana Sabadim e também teve a presença de Geison Robes, representante do BID. 
Segundo a coordenadora de Projetos Especiais da Prefeitura de Campo Grande, Catiana Sabadim, serão investidos R$ 60 milhões beneficiando em torno de 150 mil pessoas. A obra será executada no trecho da avenida Fernando Corrêa da Costa até a avenida Mato Grosso, perfazendo 1.400 metros. “Após o início das obras, a previsão de execução final será de 20 meses”, destacou a coordenadora. Com a oportunidade, o prefeito não descartou a possibilidade de outras áreas que sofrem com buracos serem revitalizadas como a avenida Bandeirantes. “Esta avenida precisa de uma boa repaginada por ser um dos principais corredores do transporte coletivo”, disse. 

Outros projetos

Outro projeto apresentado foi o da Ampliação e Melhoria do Transporte Coletivo, com investimento previsto de RS$ 56 milhões. Neste projeto, estão previsto implantação de 61,79 km de faixas exclusivas de ônibus, construção de um viaduto no trecho entre a avenida Dr. Olavo Vilela de Andrade e avenida Gury Marques, reforma e ampliação do terminal de ônibus Morenão, construção de quatro terminais de ônibus (Parati, São Francisco, Cafezais, Tiradentes), construção de 86 estações de embarque/desembarque, atualização do PDTMU, pesquisa origem/destino e sistema de viabilidade da continuidade de implantação e execução dos programas e projetos do plano de revitalização do centro. 

Revitalização

O Plano de Revitalização do Centro contém 94 ações, entre políticas, programas e projetos a serem implementados a curto, médio e longo prazo num horizonte de 20 anos. O orçamento previsto atualizado ultrapassa US$ 300 milhões. Situação atual de revitalização do centro: executado: US$47 milhões; a executar com recursos de financiamento: US$56 milhões.  A proposta de revitalização da antiga rodoviária com a demolição do prédio existente para implantação de um complexo multifuncional moderno, reunindo moradias, serviços, comércios, hospedagem, lazer e gastronomia, em uma construção integrada e com fluxo permeável de ligação entre vias públicas e uma praça interna à quadra. Para a execução deste projeto, serão necessários aproximadamente R$ 64 milhões, sendo R$ 45 milhões para execução das obras e R$ 29 Milhões para aquisição do imóvel. 

A reunião de trabalho contou com a presença do secretário municipal de Governo e Relações Institucionais, Paulo Francisco Coimbra Pedra; secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Amilton Cândido de Oliveira; diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito, Elidio Pinheiro Filho; diretor-presidente da Agência Municipal de Habitação de Campo Grande, Dirceu de Oliveira Peters e do secretário municipal de Planejamento, Finanças e Controle, Disney de Souza Fernandes.