22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

Câmara adia votação de relatório da Comissão Processante para quinta-feira

A- A+

A votação do relatório elaborado pela Comissão Processante que investiga se houve ou não quebra de decoro pelo prefeito afastado Gilmar Olarte foi adiada para quinta-feira (12) na Câmara Municipal de Campo Grande. Segundo a assessoria da Casa de Leis, o fato ocorreu em função da participação dos suplentes que não havia sido confirmada, pois alguns só foram contatados há pouco. 

Em princípio, a leitura do relatório estava prevista para esta terça-feira (10). O documento foi entregue à Procuradoria Jurídica do Legislativo Municipal nesta segunda-feira (9), e possibilidade de que Olarte seja cassado tem gerado especulações entre vereadores. Desde "olartistas" até os que integravam bloco de oposição a ele quando prefeito.

“Eu ainda não tenho conhecimento sobre os argumentos da defesa de Olarte, para votar é preciso ter um embasamento técnico”, disse vereador Alex sobre a votação do relatório. Alex é um dos autores da denúncia que motivou a abertura da Processante. 

O mesmo respondeu a vereadora Luiza Ribeiro (PPS) ao ser questionada sobre o resultado da votação do documento. "Até o momento não tive conhecimento do conteúdo do relatório", frisa. Ambos integraram, junto com a vereadora Thais  Helena (PT), o grupo de parlamentares que denunciaram o prefeito afastado Gilmar Olarte  por seis indícios de improbidade administrativa, dos quais apenas um foi aceito para apuração pela Comissão Processante. O item investigado é o que envolve possível esquema de lavagem de dinheiro e corrupção passiva, do qual Olarte é réu em ação judicial.