16 de setembro de 2021
Campo Grande 32º 20º

AUDIÊNCIA PÚBLICA

Camila Jara debate renda básica emergencial com Suplicy e Fabiano Horta

Evento on-line terá participação do vereador de São Paulo e prefeito de Maricá (RJ), experientes em renda básica

A- A+

Nesta 3ª feira (23.mar.2021) acontece uma audiência pública, às 18h, pelas redes sociais da vereadora Camila Jara, envolvendo Eduardo Suplicy (PT-SP) e Fabiano Taques Horta (PT-RJ). Em debate está a criação de um auxílio municipal para famílias de Campo Grande em situação de vulnerabilidade social durante a pandemia.

Ao lado do vereador presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, Dr. Sandro Benites, na data de ontem (22.mar.2021) a parlamentar se dirigiu até a Secretaria Municipal de Saúde com a solicitação do aumento imediato da frota de ônibus que circulam em Campo Grande, além de reforçar à Prefeitura o pedido da Renda Básica Emergencial Cidadã.

 
Durante sessão no início da semana passada, Camila repudiou a dicotomia entre vidas ou economia e disse entender que “a gente só vai conseguir fazer com que a população fique em casa a partir do momento que a gente garantir o sustento para essa população”, disse.

Camila Jara é autora do Projeto de Lei, protocolado na Câmara, que prevê a criação dessa renda básica municipal, que segue o ideal de que, cumprindo requisitos expostos no Projeto de Lei, famílias recebam auxílio de R$ 300,00 por três meses, valores e parcelas que podem variar de acordo com a disponibilidade financeira da prefeitura. O PL também já foi apresentado ao prefeito Marquinhos Trad e seria colocado em votação nesta semana, sendo adiado com a paralisação do expediente e fechamento da Casa de Leis.

Dados levantados pela equipe de Camila Jara apontam que a Cidade Morena tem cerca de 132 mil famílias cadastradas no CadÚnico. Desse número, 100 mil tiveram acesso ao Programa do Auxílio Emergencial do Governo Federal no ano passado, número que será menor nas próximas etapas de pagamento pelo que foi divulgado pelo Governo.

Com forte engajamento social, em suas redes sociais Camila Jara apontou as falhas e denúncias recebidas por moradores de Campo Grande, no primeiro dia de "fecha tudo". Ônibus lotados e filas incomodaram a vereadora.

"Que o transporte público da Capital é um caos todo mundo já sabe, mas em um momento que a gente fecha a cidade por sete dias, para que as pessoas fiquem em casa porque não temos mais vagas de UTI, vermos essa cena é irresponsável", disse.

Para ela, o trabalhador campo-grandense não pode ser submetido a essas situações, com o risco de se contaminar dentro do transporte público. "Por isso, em conjunto com outros vereadores, vamos mandar um ofício para a Prefeitura para pedir que aumente o número de ônibus nesse momento. Também outro [ofício], do gabinete, pedindo para atividades que sabemos ser essenciais, mas que não tem motivo de estarem abertas, que nesse momento sejam paralisadas", aponta ainda.

Camila ainda espera que, através de um Projeto de Lei, o Consórcio Guaicurus respeite as medidas de segurança e garanta o distanciamento social dos usuários. "Com limitação de pessoas por veículos, para que a gente consiga manter a saúde de todo mundo intacta e preservar vidas nesses momentos", finalizou.

AUDIÊNCIA

Presentes para enriquecer o debate e esclarecer dúvidas através da vasta experiência, dois representantes do Partido dos Trabalhadores, participam da iniciativa de Camila Jara o vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy, e o prefeito de Maricá (RJ), Fabiano Horta.

Economista e pesquisador, Suplicy passou 24 anos como senador e, em 2004, propôs a Lei 10.835, que institui a Renda Básica de Cidadania, nunca colocada em prática, apesar de ter sido aprovada pelo Congresso e sancionada.

Já o prefeito Fabiano Taques Horta está em seu segundo mandato no município de Maricá, que fica a 60 km de distância da capital Rio de Janeiro. Teve participação na implementação da Renda Básica de Cidadania em 2013, que se tornou o maior programa da renda básica cidadã da América Latina.

Serviço: A Audiência Pública Renda Básica Emergencial Cidadã acontece nesta 3ª feira (23/03), a partir das 18h (horário de MS), através das redes sociais Instagram e Facebook da vereadora Camila Jara (@camilajarams).