25 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

GOVERNO FEDERAL

Com vídeo fake, Bolsonaro cria clima de terror e volta a atacar governadores

Não durou nem 12 horas o recuo de Jair Bolsonaro, que usou tom ameno em seu pronunciamento na noite desta terça-feira (31)

Às 7h35 desta quarta-feira, o presidente foi às redes sociais e criou um clima de terror ao divulgar um vídeo em que um apoiador diz estar na Ceasa de Belo Horizonte, em Minas Gerais, e aponta risco de desabastecimento, culpando governadores. 

“Fome também mata. Fome, desemprego, caos também matam. E pra você que está com a continha no banco, que tem dinheiro no banco, que acha que está tudo bem porque você tem reserva financeira, não esqueça: quem não tem dinheiro passa fome, mas quem tem dinheiro e não tem o que comprar, também passa fome”, diz o rapaz, ressaltando que: “E não vamos esquecer, não. A culpa disso aqui é dos governadores, porque o presidente da República tá brigando incensantemente para que haja uma paralisação responsável, não paralisar todos os setores, quem não é do grupo de risco voltar a trabalhar…”, diz o homem, que faz elogios a Bolsonaro e ataca governadores.

“Não é um desentendimento entre o Presidente e ALGUNS governadores e ALGUNS prefeitos. São fatos e realidades que devem ser mostradas. Depois da destruição não interessa mostrar culpados”, escreveu Bolsonaro ao compartilhar o vídeo. 

"A reportagem da CBN foi à CEASA de BH e constatou que não há desabastecimento, ao contrário do vídeo publicado pelo presidente Jair Bolsonaro", afirmou Milton Jung, apresentador da CBN.  

VEJA ABAIXO:  

 

Após ser desmentido, Bolsonaro apagou o tuíte do Facebook e Twitter, onde havia publicado.

Fonte: Fórum.