03 de maro de 2021
São Paulo 39º 24º

Senado

Delcídio apresenta novo atestado médico e não deve ir à oitiva

Pela segunda vez, o senador Delcídio do Amaral renovou a licença médica. O atestado para afastamento das atividades no Senado foi apresentado na última sexta-feira (19). Mas o prazo é de 15 dias de licença e começa a contar a partir de quinta-feira (24), quando ele deveria retornar ao trabalho.

Segundo Agência Brasil, o senador não deve comparecer na oitiva marcada para esta quarta-feira (23) no Conselho de Ética, onde ele responde a processo por quebra de decoro parlamentar. Os advogados de Delcídio chegaram a pedir o adiamento do depoimento, mas o presidente do conselho, João Alberto Souza (PMDB/MA), não definiu como procederá.  

Desde que saiu da prisão no dia 18 de fevereiro, este é o terceiro atestado apresentado pelo senador. Entretanto, o Delcídio foi liberado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavaski, para passar a recolhimento domiciliar, podendo sair de casa apenas para trabalhar no Senado. Porém, não retornou as atividades em razão das licenças médicas.