18 de junho de 2024
Campo Grande 30ºC

Depois de mais uma derrota, Bernal diz não ter esperança de voltar à prefeitura

Justiça negou apelação de Bernal que pedia anulação da Comissão Processante

A- A+

Depois de sofrer mais uma derrota na justiça, o ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), se diz descrente quanto a possibilidade de retornar ao comando da prefeitura de Campo Grande.

Bernal, que teve hoje mais uma apelação negada pela justiça, conversou com MS Notícias e admitiu que está cada vez mais complicado retomar seu mandato, cassado em março de 2014.

O Tribunal de Justiça negou a apelação do ex-prefeito que pedia a anulação da formação da Comissão Processante, que julgou as acusações de improbidade administrativa contra o ex-prefeito.

Na defesa de Bernal, ele alega que alguns membros da Comissão Processante, como os vereadores Elizeu Dionísio (SD) e Paulo Siufi (PMDB) por terem sido membros da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Calote, e terem se auto declarado inimigo político de Bernal não seriam imparciais no julgamento do caso.

"O julgamento deveria ter sido imparcial, deveriam ter garantido minha ampla defesa, e isso não aconteceu. Fui inocentado pela justiça uma vez que foi comprovado que não causei danos ao erário público, mas ainda assim por influência, ainda se mantém a cassação", diz Bernal.

O ex-prefeito espera ainda o julgamento de mais dois recursos e de uma ação civil pública, no entanto, teme que as futuras decisões, por motivos considerados pessoais por Bernal, sejam desfavoráveis a ele.