28 de novembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

Dilma mostra otimisto mas mantém 'olho aberto' sobre análise do TCU nas contas do governo

A- A+

A presidenta Dilma Rousseff se mostrou otimista diante da retomada, pelo Congresso Nacional, da análise dos vetos a projetos que elevam despesas públicas e dificultam o ajuste fiscal. “Tenho certeza de que o Congresso vai demonstrar seu compromisso com o Brasil”, disse em entrevista a duas emissoras de rádio da Bahia. “Estou vendo luz no fim do túnel”, completou.

Por falta de quórum ontem (6), a sessão na Casa foi adiada pela segunda vez. Não houve número suficiente de deputados para votação tanto entre parlamentares da oposição quanto da base aliada do governo. Uma nova sessão foi convocada para as 11h30 de hoje (7).

Aprovados anteriormente pela Casa e vetados por Dilma, os textos preveem, por exemplo, reajuste salarial médio de 56% aos servidores do Judiciário e extensão da política de valorização do salário mínimo a todos os aposentados e pensionistas. "É impossível um país que está enfrentando dificuldades aumentar desproporcionalmente suas despesas”, acrescentou.

Durante a entrevista, Dilma disse ainda que o governo luta para manter os investimentos sociais em meio à tomada de decisões que visam a reequilibrar o Orçamento. “Esse é o nosso desafio”, destacou. “Estamos fazendo um imenso esforço para reduzir a inflação. A tendência é de queda. Há alguns aumentos no percurso, mas a tendência é de queda, reconhecida pelo mercado”, concluiu.