08 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 17º

Dono da MDR falta oitiva da comissão processante

Mamed Dib, proprietário da MDR Distribuidora de Alimentos, faltou à oitiva da comissão processante que investiga possíveis irregularidades na administração do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP).

Segundo os parlamentares, Mamed foi procurado na segunda e terça-feira desta semana e não foi encontrado para receber a intimação. O presidente da comissão, vereador Edil Albuquerque (PMDB) declarou que a ausência do empresário prejudicou as apurações da processante.

Hoje, a Câmara Municipal recebeu um documento apresentando a justificativa do dono da MDR. Na carta, Mamed alega que não pôde comparecer, pois tinha uma viagem marcada com antecedência. Ele afirma ainda que todos os débitos com a empresa foram liquidados pela atual administração e que mantém os depoimentos que prestou perante os vereadores durante a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Calote.

A MDR fornecia alimentos à prefeitura, antes da Salute ser contratada. Já prestaram depoimentos: Érico Chezini Barreto (representante da empresa Salute Distribuidora de Alimentos Ltda); Elton Luiz Crestani (proprietário da Jagás); e Milton Felice (representante da Megaserv).

Diana Christie e Alan Diógenes