04 de agosto de 2021
Campo Grande 26º 16º

Em reunião com Cunha, Lewandowski deixa claro: não há dúvidas quanto à decisão sobre impeachment

A- A+

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski recebeu nesta quarta-feira (23) presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB) em reunião rápida, com duração de apenas 25 minutos aberta à imprensa.

Cunha havia solicitado audiência para tirar dúvidas com Lewandowski sobre decisão do plenário do Supremo em relação aos ritos do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). 

O presidente do Supremo foi claro ao dizer a Cunha que a decisão da corte não deixa dúvidas quanto aos procedimentos a serem adotados no processo de impeachment. Embora Cunha tenha questionado decisão do STF de proibir candidaturas avulsas alegando que isso poderia travar novamente processo na Câmara, caso plenário não aprove chapa completa, Lewandoswski afirmou ao deputado que regras são clara e que discutir teses hipotéticas seria um exercício de futurologia.

Durante encontro, Eduardo Cunha afirmou ao presidente do STF que vai apresentar no Supremo embargo de declaração na tentativa de derrubar decisão. Entretanto, para que isso acontece, o presidente da Câmara dos Deputados precisa aguardar publicação do acórdão da decisão, que deve acontece apenas a partir do dia 19 de fevereiro depois do retorno do recesso do STF.