22 de maio de 2022
São Paulo 23º 11º

Emenda de R$ 15 milhões irá garantir construção do Hospital Regional de Dourados

A- A+

O deputado estadual George Takimoto (PDT) informou que apresentou emenda de R$ 15 milhões ao Orçamento do Estado para 2015 com o objetivo de impedir que as obras de construção do Hospital Regional sofram solução de continuidade. “O governador André Puccinelli já deixou em caixa quase 20 milhões de reais, suficientes para a primeira etapa do empreendimento. O compromisso dele está mantido, concretizado. Porém, é preciso pensar na etapa seguinte, essa obra não pode parar. Por isso entrei com a emenda”, explicou.

Takimoto disse que para não criar novas despesas, resolveu propor uma emenda modificativa, que remaneja parcelas de dotações orçamentárias em rubricas específicas. Os R$ 15 milhões seriam obtidos tirando R$ 8 milhões da Secretaria de Governo (previstos para ações de comunicação oficial); e R$ 7 mi-lhões da Agência de Gestão de Empreendimentos (Agesul), dentro da cota a ser provisionada pra investimentos em restauração e construção de estradas turísticas e aeródromos.

Com os R$ 19,9 milhões já disponibilizados por Puccinelli e mais R$ 15 milhões – que dependem da aprovação da emenda de Takimoto -, o próximo governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), terá todas as condições financeiras para consumar um grande sonho da Grande Dourados. “Com essa obra, 34 municípios da região terão uma nova e moderna alternativa para atendimento especializado e deixarão de exportar pacientes em massa, descongestionando unidades hospitalares de Dourados e Campo Grande e agilizando a assistência às pessoas”, argumentou Takimoto.

 Redação