13 de junho de 2021
Campo Grande 25º 11º

Equipe de transição de Reinaldo finaliza 1ª etapa de trabalho

A- A+

As reuniões de trabalho da equipe de transição do governador eleito Reinaldo Azambuja (PSDB) foram finalizadas hoje na Secretaria de Governo e na Casa Civil. Os trabalhos tiveram início no último dia 12 em todas as secretarias e subsecretarias. O objetivo do grupo é elaborar um relatório sobre a administração estadual para encaminhá-lo a Reinaldo Azambuja.

Conforme o coordenador Marcelo Miglioli, as dez reuniões realizadas pela equipe de transição serviram para que os membros da próxima administração tenham um panorama do trabalho desenvolvido nas secretarias estaduais. O próximo passo é aguardar o encaminhamento de documentos solicitados pela nova gestão.

Além das fundações e autarquias, o grupo que atua na transição do governo realizou reuniões em todos as secretarias. Agora, os coordenadores de cada área, definidos por Miglioli, continuam coletando informações nas pastas pelas quais ficaram responsáveis.

Cada integrante da equipe de transição ficou responsável por detalhar as informações em uma ou mais pastas. O deputado estadual Marcio Monteiro ficou responsável pelas secretarias de Fazenda, Administração e Gestão de Recursos Humanos. Monteiro já fi convidado por Reinaldo para assumir a Secretaria de Fazenda a partir de 2015, mas ainda não anunciou se aceita ou não o convite.

Ademar da Silva Junior e Athayde Nery vão coordenar os trabalhos de transição nas secretarias de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e da Tecnologia e na Secretaria de Desenvolvimento Agrário, da Produção, do Comércio e do Turismo. Athayde também fará o trabalho de transição na Fundação de Cultura, a qual é cotado para assumir em 2015.

Sérgio de Paula e Eduardo Riedel ficaram responsáveis pelas Secretarias de Governo e Casa Civil e Marcelo Miglioli, pelas Secretarias de Obras Públicas e de Habitação e das Cidades. Hoje pela manhã, Reinaldo confirmou o convite feito a Eduardo Riedel para que ele assuma a Secretaria de Governo. Marcelo Miglioli deve assumir a Secretaria de Obras.

A vice-governadora eleita Rose Modesto está coordenando os trabalhos na Secretaria de Assistência Social e Maria Cecília Amêndola da Mota, na secretaria de Educação, mabas devem assumir as secretarias no futuro governo.

O relatório da Secretaria de Estado de Saúde será produzido sob a coordenação do médico Nelson Barbosa Tavares e o da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, pelo promotor Sílvio Cesar Maluf.

O presidente municipal do PSDB, Carlos Alberto Assis, vai responder pela transição na Fundação de Esporte, Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen). Bosco Martins ficou responsável pela Fundação de Rádio e TV Educativa e pela Subsecretaria de Comunicação. O presidente do Solidariedade, Alessandro Menezes, fará o trabalho técnico de levantamento de dados na MSGás e na Sanesul.

Heloísa Lazarini