15 de outubro de 2021
Campo Grande 29º 20º

FHC critica excesso de impostos do governo Dilma e defende nova política para cobrir gastos

A- A+

O ex-presidente Fernando Henrique Cardozo (PSDB) está em Campo Grande nesta sexta-feira (13) para inauguração da unidade do programa Rede Solidária Ruth Cardozo (in memorian).

Durante entrevista coletiva à imprensa que antecedeu lançamento do programa, Fernando Henrique voltou a criticar atual politica econômica do governo federal, que segundo tucano, está "irritando brasileiro."

"Imposto não e voluntário, então as pessoas não gostam. É necessário para que as coisas se desenvolvam, mas os excessos de gastos do governo federal irritaram nação e eles começaram a reagir", disse.

Criador do plano real, que nos final dos anos de 1990 conseguiu equiparar dólar à moeda brasileira, Fernando Henrique não se mostra otimista em relação a atual situação financeira do Brasil e ressalta que é preciso desenvolvimento de novas políticas econômicas por parte do governo federal para evitar que gastos federais recaiam sobre população por meio de impostos.

"O imposto é muito grande no Brasil, representa 40% do que se produz. Precisamos de novas políticas para cobrir os gastos, se não, o país não irá sair dessa crise econômica".