24 de janeiro de 2021
Campo Grande 29º 22º

Governador se compromete a ajudar mãe de policial morto ao prestar serviço para Força Nacional

Durante a formatura de 97 sargentos realizada na manhã de hoje, no Comando-Geral da Polícia Militar, Corina Oliveira,  mãe do policial militar Luiz Pedro Oliveira que faleceu ao prestar serviço para a Força Nacional Brasileira em Rondônia, aproveitou o momento para expor as dificuldades que vem enfrentando após a morte do filho.

Corina era dependente de Luiz, mas de acordo com a lei estadual 053/1990 apenas esposa e filhos tem direito a receber benefício devido à morte do responsável pela família. A mãe que sofre diariamente a perda do filho, luta para conseguir um total de 100 mil assinaturas, na tentativa de protocolar um pedido à ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), solicitando alterações na linha 47 da lei, incluindo a mãe como dependente.

Até o momento, Corina conseguiu um total de mil assinaturas, incluindo a do governador André Puccinelli (PMDB), que se mostrou comovido com a situação. “Considero o mérito extremamente importante, mãe merece todo o carinho e respeito do mundo, mas precisamos verificar a legalidade do pedido para saber se é permitido fazer essas alterações”.

O governador garantiu ainda, que vai conversar com os deputados estaduais para verificar o que pode ser feito, se cabe a ele ou aos deputados tomar uma atitude sobre o caso, ressaltando que medidas serão tomadas.

Dany Nascimento e Heloísa Lazarini