22 de junho de 2024
Campo Grande 25ºC

Governar com transparência e valorizar servidor são prioridades para Reinaldo Azambuja

A- A+

Dentre as prioridades do governador eleito hoje, Reinaldo Azambuja (PSDB), está a criação de uma equipe de transição de governo, que vai trabalhar junto com a atual equipe do governador André Puccinelli (PMDB),  para garantir que a transição ocorra de forma pacífica e que seja positiva para a população de Mato Grosso do Sul. “Recebi uma ligação do André, que me parabenizou pela vitória e ficou à disposição para colaborar conosco neste período de transição. Eu vou tirar entre quatro e cinco dias para descansar com a família e depois irei dar início a transição”, disse o governador eleito.

Um dos principais pontos que deverão ser tratados como prioridades pelo governador eleito é a discussão do orçamento de 2015 de Mato Grosso do Sul. Segundo Reinaldo, como ainda existe tempo hábil para fazer alterações no orçamento 2015 ele pretende discutir com os prefeitos dos 79 municípios do Estado quais serão as prioridade de cada um deles, para a partir disso elaborar uma proposta adequada de alteração orçamentária.

Em relação ao secretariado que irá compor o novo governo a partir do ano que vem Reinaldo Azambuja afirma ainda não ter decidido nenhum nome. “Ao contrário do outro candidato, que já estava até nomeando secretário, seria temerário da minha parte escolher nomes antes de ser eleito. No entanto cada membro do nosso secretariado deverá ser ficha limpa e trabalhar para ajudar na construção de Mato Grosso do Sul. É claro que todos que quiserem ajudar serão bem vindos, eu não faço política de discriminação, mas busco trabalhar com pessoas competentes”, afirmou.

Outra ação imediata de Reinaldo Azambuja é a redução do número atual de secretarias, embora ainda não tenha esse número definido Azambuja antecipou que irá desmembrar a Seprotur  (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo). Segundo Reinaldo, ele irá transformar a Seprotur em duas pastas, a Secretaria da Agricultura e a Secretaria de Indústria, Comércio, Turismo e Serviço.

Por fim, o novo governador anunciou que uma das principais medidas do seu governo é valorizar o servidor público. “Nós somos eleitos para trabalhar por quatro anos, os servidores concursados trabalham no Estado durante 30 anos. Tenho certeza que o servidor público é um dos principais ativos do governo do Estado, por isso precisamos valorizar o servidor”.

Neste momento, Reinaldo Azambuja está comemorando sua vitória com eleitores e membros do partido, como Márcio Monteiro, deputado estadual e presidente do PSDB, eleito deputado federal. Estão presente também a esposa de Reinaldo Azambuja, Fátima Azambuja e a vice governadora eleita Rose Modesto. O governador eleito por não ter tido tempo de atender todos os jornalistas realizará amanhã às 15h uma nova coletiva.

Leide Laura Meneses e Heloísa Lazarini