22 de maio de 2024
Campo Grande 25ºC

ELEIÇÕES 2022

Lula no JN: "O MST é o maior produtor de arroz orgânico do Brasil"

O cultivo principal é de arroz orgânico nas variedades agulhinha e cateto

A- A+

Lula (PT) respondeu nesta quinta-feira (25.ago.22), em entrevista ao Jornal Nacional, que o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) é "o maior produtor de arroz orgânico do Brasil".

“A nossa produção orgânica é uma alternativa, onde a vida das pessoas e o cuidado com a natureza estão acima do lucro”, explicou Marildo Mulinari, do setor social organizativo da Cooperativa dos Trabalhadores Assentados da Região de Porto Alegre (Cootap) em março desse. O Sem Terra ainda reafirmou na época o compromisso do MST com a luta da classe trabalhadora e a luta pela Reforma Agrária Popular.

É o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), que considera o MST o maior produtor de arroz orgânico da América Latina, e segue nessa posição há mais de 10 anos. Segundo Martielo Webery, do setor de comercialização da Cootap, as famílias camponesas estimam colher, na safra 2021/2022, mais de 15 mil toneladas, cerca de 310 mil sacas de 50 kg do produto, em aproximadamente 3.196,23 hectares.

A reconhecida produção gaúcha do arroz agroecológico do MST é coordenada por nove cooperativas conquistadas por meio da luta do movimento pela Reforma Agrária Popular e produção de alimentos saudáveis, livres de veneno.

O cultivo principal é de arroz orgânico nas variedades agulhinha e cateto. Em todo o estado, a produção do alimento é feita por 296 famílias, em 14 assentamentos, que se dividem em 11 municípios gaúchos das regiões Metropolitana, Sul, Centro Sul e Fronteira Oeste.

Além de citar a potência e independência do MST, Lula destacou que há grandes agricultores interessados em preservação, mas que os que o atacam e atacam o MST estão interessados que se afrouxem as exigências de preservação do meio ambiente. 

“O MST tá fazendo uma coisa extraordinária, tá cuidando de produzir. Não sei se vocês sabem, mas o MST hoje tem várias cooperativas, o MST é o maior produtor de arroz orgânico do Brasil. Você tem que visitar uma cooperativa do MST, Renata, e você vai ver que aquele MST de 30 anos atrás não existe mais... Agora, o Bolsonaro tá ganhando alguns fazendeiros porque tá liberando armas... E tem gente que acha bom ter arma em casa, que é bom matar alguém”, disse Lula, o que deixou a apresentadora do telejornal claramente surpresa e sem reação.

Lula aproveitou para falar sobre o ódio no campo pregado por Bolsonaro, que colocou os vários segmentos agrícolas em pé de guerra, especialmente por alimentar um discurso assassino contra todos os grupos que batalham por justiça social nas áreas rurais.

O que nós queremos é pacificar esse país, porque para mim, o pequeno produtor rural e o médio produtor rural têm que viver pacificamente com o agronegócio... O Brasil tem possibilidade de ter os dois... Um, produz mais internamente, o outro, produz mais externamente... Ou seja, eu digo sempre o seguinte: O Blairo Maggi, que é o maior produtor de soja do mundo, talvez ele não crie a galinha caipira que ele gosta de comer, talvez ele não crie o porquinho orgânico que ele gosta de comer, e então ele vai comprar no pequeno proprietário... Então, é extremamente importante e necessária a convivência pacífica dessa gente, e nós já fizemos isso uma vez, Renata, e vamos fazer outra vez”, completou o candidato do PT.