02 de dezembro de 2021
Campo Grande 30º 22º

Para deputados, atitude de médica cubana não passa de estratégia política

A- A+

Os deputados estaduais petistas acreditam que a médica cubana Ramona Rodriguez, ao deixar  o programa Mais Médicos e procurar ajuda do partido DEM (Democratas), está ajudando a sigla, fazendo uma jogada para rebaixar o governo da presidente Dilma Rousseff.

deputado estadual pedro kempAté ontem, Ramona estaria analisando propostas de emprego em Brasília oferecidas por empresas. O salário oferecido por essas empresas seria  maior que os mil dólares oferecidos pelo programa.

O deputado estadual Cabo Almi acha bastante estranho esse fato, por procurar partido da oposição. Ele acredita ainda que o DEM utilizou a atitude da médica para se promover, com o intuito de denegri a imagem do Mais Médicos, porém, isso não acontecerá, pois de acordo com os petistas, o programa foi bem aceito por toda a população brasileira.

Já, Pedro Kemp, tem certeza que é uma estratégia, até porque, de acordo com o deputado, a médica teria um namorado em Miami. “O DEM está fazendo política em cima deste caso”. Para o parlamentar, a aprovação da população brasileira é devido ao fato de os médicos cubanos irem a lugares rejeitados pelos médicos brasileiros, como pequenos municípios.

O peemedebista Marquinhos Trad, diz ser de extrema responsabilidade admitir que esta situação seria uma estratégia, mas não descarta a hipótese de ser uma tentativa de enfraquecer o programa e afirma que se ela procurou o DEM, é porque ela tem um “sentido político avançado”. Dany Nascimento  e Tayná Biazus