22 de maio de 2024
Campo Grande 25ºC

ELEIÇÕES 2022

Paraná Pesquisas: Lula tem 47,1% dos votos válidos

A 2 dias da eleição, Instituto aposta que haverá 2º turno nas corrida presidencial n Brasil

A- A+

 

O instituto Paraná Pesquisas, querido do governo de Jair Bolsonaro (PL), divulgou nesta sexta-feira (30.set.22), um levantamento em que afirma que Lula (PT) tem 47,1% dos votos válidos no 1º turno das eleições de 2022. Bolsonaro teria 40% dos votos válidos. A diferença é de 3 pontos a menos para Lula e 6 pontos a mais para Bolsonaro em relação à pesquisa do Datafolha divulgada na quinta (29.set), que mostrava Lula com 50% dos votos válidos.

O primeiro turno das eleições está marcado para este domingo (2.out.22). Os votos válidos, são contabilizados assim: se excluem os votos em branco e nulos, determinando o resultado das eleições. É assim que a Justiça eleitoral sabe quem foi o ganhador. No Brasil, para vencer no 1º turno, o candidato tem que ter 51% dos votos válidos.  

Caso nenhum alcance esse percentual, é realizado um 2º turno. Eis a íntegra da pesquisa.

Ainda segundo a mostra da Paraná Pesquisas, em votos válidos no 1º turno, a senadora Simone Tebet (MDB) tem 6,3% e o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), tem 5,2%. Eles estão empatados dentro da margem de erro de 2,2 pontos percentuais. O levantamento tem 95% de confiança. Soraya Thronicke (União Brasil) tem 0,6%; Felipe D’Avila (Novo), 0,4%; Padre Kelmon (PTB) e Vera Lúcia (PSTU), 0,2% cada e Eymael (DC), 0,1%. Leonardo Péricles (UP) e Sofia Manzano (PCB) não pontuaram.

O cenário estimulado para 1º turno em intenções de votos totais é o seguinte:  

  •  Lula – 43,9% (tinha 42,7% na pesquisa divulgada em 27.set.);
  • Bolsonaro – 37,3% (tinha 36,4%);
  • Tebet – 5,8% (tinha 5%);
  • Ciro – 4,9% (tinha 5,6%); 
  • Thronicke – 0,5% (tinha o,8%);
  • Felipe d’Avila – 0,4% (tinha 0,1%);
  • Padre Kelmon – 0,1% (manteve);
  • Vera Lúcia – 0,1% (manteve);
  • Eymael – 0,1% (não tinha pontuado);
  • Leonardo Péricles  – 0,0% (tinha 0,1%);
  • Sofia Manzano – 0,0% (manteve);
  • Não sabe/não respondeu – 3,1% (eram 4,6%);
  • Nenhum/branco/nulo – 3,8% (eram 4,6%).

Eis os gráficos:

A Paraná pesquisas disse que foram entrevistadas 2.020 pessoas face a face entre 27 e 29 de setembro. Eles não anexaram documentos de em quais cidades e bairros foram realizadas as perguntas. O instituto garantiu que a pesquisa seria realizada em todo território nacional, sendo 8% das entrevistas realizadas no Norte, 27% no Nordeste, 43% no Sudeste, 7%, no Centro-Oeste e 15% no Sul. 

A pesquisa custou R$ 30 mil que foram pagos pelo próprio instituto. A íntegra dos custos. 

O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-07917/2022. O levantamento não testou cenários de segundo turno.