28 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 22º

NEGACIONISMO

Pastor, militar e bolsonarista, morre aos 36 anos vítima da Covid-19

Era ativista bolsonarista e ficou conhecido por defender o uso da cloroquina e da ivermectina para prevenir a doença

A- A+

O pastor, militar e bolsonarista Thiago Andrade morreu no último domingo (3.jan.21), aos 36 anos, vítima da Covid-19 em São Paulo. 

Ele era integrante do "Movimento São Paulo Conservador", Thiago atuava sendo ativista bolsonarista e ficou conhecido por defender o uso da cloroquina e da ivermectina para prevenir a doença. O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), também faz apologia ao uso destes medicamentos, sem eficácia científica comprovada para a Covid-19.

Nas redes sociais, a esposa de Thiago, Francislene Rodrigues, e o irmão dele, Daniel Souza, informaram sobre a morte do religioso.

Segundo Francislene, o pastor ficou 30 dias internado com a doença e teve duas paradas cardiorrespiratórias no período.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) enviou condolências à família do pastor, sem fazer referência à causa da morte dele.

FONTE: (G1).