05 de dezembro de 2021
Campo Grande 33º 23º

Prefeito divide tempo com advogado na sessão de julgamento

A- A+

Ao ser chamado para se defender, o prefeito Alcides Bernal (PP) se levanta da mesa e conversa com o vereador e presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Mário César (PMDB), durante sua sessão de julgamento, afirmando que vai dividir o tempo com seu advogado Jesus de Oliveira Sobrinho.

Fazendo uso da palavra, Jesus garante que essa vontade dos vereadores em cassar o prefeito, atende a um interesse político. Mas, o microfone usado pelo advogado acabou caindo no chão e ninguém se manifestou em ajudar Jesus, a não ser o próprio prefeito Alcides Bernal, que criticou o presidente da casa por não tomar uma atitude ao ver que o microfone caiu.

Além disso, o prefeito pediu também que o volume do microfone fosse aumentado, ressaltando que haviam abaixado o volume no momento da fala do advogado. Atendendo ao pedido de Bernal, o advogado prossegue com sua fala utilizando um tom alto no microfone.

Segundo Jesus, as acusações alegam que o prefeito “fabricava emergências”, quando na verdade, ele estava cumprindo com o papel de não deixar faltar alimentos e produtos de limpeza na Capital.

Ele ressalta também, que o contrato que feito com a empresa MDR Distribuidora de Alimentos,  foi rescindindo em condições legais, onde o dono da empresa, Mamed Adib assinou a rescisão ciente de que o contrato findava em maio de 2013, esclarecendo ainda, que não é verdade o que vem sendo dito, de que Mamed foi forçado a rescindir o contrato.

Dany Nascimento e Heloísa Lazarini