27 de setembro de 2020
Campo Grande 39º 25º

Produtores rurais invadem sede da Funai em Campo Grande

Diversos produtores rurais invadiram agora a pouco a sede da Funai (Fundação Nacional do Índio) em Campo Grande. Os fazendeiros disseram que esta é uma forma de protesto contra a demora na solução dos conflitos indígenas e na demarcação de terras no país. Ainda de acordo com eles a Funai é uma das grande causadoras desses empasses entre índios e produtores.

Visivelmente alterados os ruralistas encurralaram os funcionários da Fundação até o fundo da sede, por conta disso uma equipe PM (Polícia Militar) que estava em cinco viaturas, teve que intervir e acalmar os ânimos. Ao saírem do prédio os funcionários não quiseram falar com a imprensa.

0

Para Milton Picker, vice-presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária do Mato Grosso do Sul) a atitude tomada pelos fazendeiros é um grito de basta. “Essas pessoas foram despejadas por causa dos índios, essa situação é insustentável. Esse é um problema antigo e até agora não vemos uma solução”, disse o representante dos produtores.

Fabiano Nava, 34, produtor rural da cidade de Laguna Carapã conta que embora não tenha visto sua fazenda ser invadida, teme, tendo em vista as propriedades vizinhas que foram toadas pelos índios. “A minha terra ao contrário das dos vizinhos não foi invadida, mas fico com medo porque já presenciei uma invasão e os índios são muito violentos”, relata o produtor que afirma ainda ter prejuízos por conta da possibilidade de invasão. “Eu tenho muito prejuízo, afinal quem vai querer comprar, por exemplo, Uma fazenda que corre o risco de ser invadida”. Conclui.

Clayton Neves e Anna Gomes