23 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

Puccinelli se reunirá com emissários do Ministério da Justiça para reavaliar preço da Buriti

O governador André Puccinelli (PMDB) se reúne amanhã às 10h em seu gabinete com os representantes do Ministério da Justiça, Ednilson Pinheiro e Marcelo Veiga. O objetivo da conversa é renegociar os valores atribuídos pela União às terras da fazenda Buriti, em Sidrolândia – distante 70 km de Campo Grande - que atualmente está ocupada pelos índios Terena que reivindicam a expansão da aldeia Buriti de dois mil hectares para 17 mil hectares.

De acordo com o governador, o ministro da justiça, José Eduardo Cardozo, reconhece que o valor estipulado por hectare de terra nua está abaixo do valor de mercado. “Eles já admitiram que há distorções”, declarou.

Puccinelli se mostra esperançoso de que a reunião traga resultados positivos, mas admite que ainda há muito a ser feito antes da resolução final dos conflitos no campo. “Apesar da escada ser alta e estarmos subindo degrauzinho por degrauzinho, estamos andando”.

Segundo o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de MS), Francisco Maia, o hectare vale entre R$ 8 mil a R$ 20 mil, dependendo da finalidade e da região no Estado. Considerando essa variação, a expectativa dos produtores rurais é de que seja oferecido entre R$ 2,4 milhões a R$ 6 milhões pelos 300 hectares da Buriti.

Diana Christie