12 de junho de 2024
Campo Grande 23ºC

Tereza tem mais condições de comandar PSB, afirma Assis

A- A+

O vice-presidente regional do PSB (Partido Socialista Brasileiro), Sérgio Assis que havia se afastado do partido durante campanha eleitoral deste ano, acredita que será bom para o partido ter como presidente a deputada federal e ex-secretária estadual do governador André Puccinelli (PMDB), Tereza Cristina.

“Acho muito bom que o partido fique sob o comandando dela, ela tem experiência e saberá direcionar muito bem o PSB. Ajudamos ela a se eleger deputada federal e nada mais natural do que ter ela à frente do partido”, explica Assis.

Tereza Cristina deve assumir o comando do partido em Mato Grosso do Sul a partir de março de 2015. Tereza e o deputado estadual eleito, Barbosinha (PSB) eram os nomes cogitados para assumir a presidência do partido no Estado no lugar do atual presidente Murilo Zauith (PSB), prefeito de Dourados que tem enfrentado sérios problemas na administração municipal.

Sérgio diz que Murilo deve estar focado nas questões administrativas de Dourados, uma vez que o prefieto enfrenta sérios problemas em sua administração por não conseguir cumprir nenhuma das promessas de campanha. Para Assis, Tereza terá mais tempo para se dedicar ao partido. “Por ser prefeito, o Murilo tem muitas responsabilidades na cidade de Dourados, a Tereza atuará muito bem como presidente do partido”, finaliza Sérgio.

Dany Nascimento