02 de agosto de 2021
Campo Grande 29º 14º

Siufi nega ter facilitado para Ivandro em prestação de contas da Sesau

A- A+

Apesar de ter elogiado o secretário Ivandro Fonseca que enviou o relatório dos gastos da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) com antecedência e até saído em defesa do secretário, o vereador Paulo Siufi (PMDB) negou ter facilitado para o representante do prefeito Alcides Bernal (PP) na prestação de contas do terceiro quadrimestre do ano de 2013 realizada na última terça-feira.

“Quero documentos. Vou mandar ofícios para ele responder. Fica no disse que me disse e depois não tem como acionar judicialmente. Quero pegar no papel as respostas dele”, justificou. Apesar de admitir que a reunião na Câmara Municipal tenha validade oficial, o vereador insiste que pretende ser mais incisivo nos ofícios.

Siufi ainda argumenta que questionou sobre a construção do Hospital Municipal Infantil que, segundo ele, está colocado no relatório como em andamento. “É uma emenda minha no valor de R$ 500 mil, quero saber onde está essa verba”, afirmou. Com essas declarações, o vereador tenta afastar as especulações de ter se aliado ao prefeito sem o consentimento do partido.

Outros esclarecimentos – A vereadora Carla Stephanini (PMDB) também não está satisfeita com as explicações prestadas pelo secretário. Ela afirmou que mesmo descontando as licitações que ainda estão em andamento, Ivandro não esclareceu o que aconteceu com cerca de R$ 43 milhões dos R$ 68 milhões que sobraram do orçamento passado.

Ela ainda recorda que Ivandro se recusou a responder se os 400 médicos que havia anunciado anteriormente foram contratados. “Da forma que esses médicos foram contratados, a secretaria não vai mantê-los pelos quatro anos. Vai fazer um rodízio permanente de médicos?”, questionou.

Diana Christie