19 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

TSE mantém mandato de Paulo Pedra ao rejeitar recurso do PT do B

O PT do B teve seu recurso desprovido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra o secretário Municipal de Governo e Relações Institucionais, e vereador licenciado, Paulo Pedra (PDT).

O partido havia solicitado impugnação do mandato de Pedra em função de denúncias de suspeita de compra de votos nas eleições de 2012. A intenção dos integrantes da legenda foi tentar conseguir emplacar um representante na Câmara, caso recurso fosse aceito.

Paulo Pedra, juntamente com vereadores Thais Helena (PT) e Delei Pinheiro (PSD) tiveram seus mandatos cassados,  em 2013, por suspeita de compra de votos, em decisão do TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul). Porém, os parlamentares obtiveram  liminares favoráveis às respectivas permanência dos três no legislativo municipal.

O vereador do PT do B, José Eduardo Cury  ocupa vaga que era de Pedra na Câmara, porque o pedetista integra o secretariado da Prefeitura Municipal de Campo Grande.