01 de outubro de 2020
Campo Grande 41º 24º

Vereador Andrezão vai pedir a anulação da CPI da Saúde de Itaporã por ter sido criada contrariando o

O vereador André de Moura Brandão, o Andrezão do PHS, anunciou na manhã desta terça-feira durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Itaporã que vai pedir, através de requerimento, a anulação da CPI da Saúde criada há duas semanas para investigar possíveis irregularidades cometidas pelo prefeito na área de saúde. Mais três vereadores assinaram o requerimento de Andrezão.

vereador andrezaoNo requerimento o vereador Andrezão alega que a CPI de autoriza do vereador Gladstone Rafael (PTB) está cheia de erros jurídicos e por sua ilegalidade dever ser extinta. Entre os erros o vereador justifica que uma CPI deve ser criada para investigar fatos determinados e não genéricos como está sendo feitio em desacordo ao artigo 58 da Constituição Federal.

Outro erro apresentado na CPI está relacionado à sua composição que foi feita de forma Ilegal não respeitando as bancadas e blocos partidários existentes atualmente na Câmara de Vereadores. Por fim, Andrezão afirma que o vereador Gladstone não poderia figurar como presidente da CPI e muito menos como relator já que o Regimento Interno da Câmara não permite isso.

O requerimento pedindo a extinção a CPI deverá agora ser analisado pela Mesa Diretora da Câmara e caso seja aceito poderá haver uma reviravolta na política de Itaporã que pela primeira vez em sua história tem um prefeito investigado. “É de trabalhar”, disse o vereador Andrezão ao criticar as pessoas e políticos que estão por trás da CPI que está “apenas denegrindo a imagem de Itaporã e de toda a nossa população.

Nicanor Coelho