02 de maro de 2021
Campo Grande 33º 21º

Vereadores aprovam pacote de projetos que vai destinar mais de R$ 2 bilhões para Executivo

Vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande aprovaram nesta quarta-feira (3) quatro projetos do Executivo Municipal que estavam travados na Casa de Leis. As matérias somam R$ 2,55 bilhões em recursos que serão destinados ao Executivo Municipal. Na lista constam o Programa de Pagamento Incentivado (PPI), orçado em R$ 2 bilhões e 10 milhões,a isenção do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS), do transporte coletivo urbano, que receberá R$ 10 milhões em recursos e referente aos depósitos judiciais e ações judiciais , que apresenta um total de R$ 30 milhões.

Segundo o presidente do Legislativo Municipal, João Rocha (PSDB), o fato de as pautas terem sido aprovadas em regime de urgência mostra que existe um entendimento entre os poderes. “Fomos sensíveis  ao apelo do prefeito. Agora ele precisa saber aproveitar. É importante destacar que existiu velocidade nas votações. Fizemos a nossa contribuição, agora a responsabilidade é com ele [ Alcides Bernal].”, afirmou Jão  Rocha.

O Projeto do PPI (Programa de Pagamento Incentivado) representa a injeção de R$ 2 bilhões e 10 milhões, já o Projeto de isenção de ISS sobre o transporte coletivo representa R$ 10 milhões em recursos e o Projeto de depósitos judiciais um total de R$ 30 milhões.

De acordo com o presidente da Casa de Leis, vereador Prof. João Rocha, “são R$ 2 bilhões e 50 milhões que deverão ser processados e tomadas as devidas providências, para que o prefeito consiga trazer esses recursos para dentro dos cofres públicos, a fim de sanar as dívidas. Fizemos a nossa parte, cumprimos coma  nossa função que é aprovar os Projetos, agora cabe ao prefeito fazer o possível para que esses recursos entrem no caixa da Prefeitura”, afirmou.