17 de abril de 2024
Campo Grande 21ºC

EXTREMA DIREITA

Vídeo: 'Gordinho do Bolsonaro' e Zambelli lançam fake news na Câmara dos Deputados

Deputados de direita sugeriram que ela foi intimada por pedir o impeachment de Lula

A- A+

A deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), com apoio do deputado federal sul-mato-grossense Rodolfo Nogueira, conhecido como ‘Gordinho do Bolsonaro’, lançou uma fake news de que estaria sendo intimada nesta 4ª.feira (21.fev), devido ao fato de estar à frente de um pedido de impeachment contra o presidente Lula (PT).

Num vídeo enganoso (veja abaixo), Nogueira sugere como ‘erro’ o Oficial de Justiça entregar a intimação a Zambelli durante a sessão na Câmara Federal e ela, aos risos, diz que a intimação teria relação com sua atividade Legislativa na questão de um pedido de impeachment contra o chefe do Executivo Federal: é mentira! Eis o vídeo: 

A Justiça já havia tentado intimar Zambelli em sua residência e gabinete, mas não obteve sucesso. Teve, então, que procurá-la durante na casa legislativa.

A intimação à Zambelli, na verdade, se refere a um processo que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), devido à radical de extrema direita, juntamente com seus seguranças, ter perseguido e atirado contra o jornalista Luan Araújo, de 32 anos, no centro de São Paulo, às vésperas das eleições de 2022.

Na época, mostramos esse caso aqui no MS Notícias. Antes de continuar, leia:  

Zambelli se desentendeu com Luan e tentou coagi-lo com uma arma em punho, sob a falsa acusação de que teria sido empurrada pelo opositor. Um vídeo, porém, mostrou que Zambelli não estava falando a verdade. Ela teria se irritado com o eleitor após ele proferir a frase: "Te amo, espanhola", o que causou ira na radical. Explicamos aqui, o motivo de ela 'odiar a frase'.