26 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

BRIGA ENTRE ALIADOS

Vídeo na íntegra e sem edições em que Pedro Kemp grita e xinga candidata é divulgado; veja

O vídeo novo foi postado nesta tarde de 5ª-feira (29.out) no canal do YouTube do irmão da candidata

Após a divulgação do vídeo editado em que o candidato Pedro Kemp (PT) aparece gritando com a candidata a vereadora Karla Cânepa ser criticado. Pessoas disseram até que na ocasião o vídeo foi tirado de contexto. Porém, a candidata e seus aliados negam que teriam modificado o vídeo e para provar, divulgaram nesta tarde de 5ª-feira (29.out.2020) o vídeo na íntegra. (Veja abaixo). 

O vídeo novo foi postado no canal do YouTube do irmão da candidata, Thiago Cânepa Amorim. "Para quem solicitou segue o vídeo na íntegra, sem cortes ou edições. Como o arquivo é muito grande, não consegui enviar a ninguém por e-mail ou whatsapp", justificou.

MOTIVAÇÃO DO RACHA 

Uma lista de repasses de recursos do Fundo Partidário à candidatos na Capital fez com que Pedro Kemp (candidato a prefeito) perdesse o controle após acusações contra ele em grupo fechado da campanha petista na Capital de MS. Na ocasião, Kemp gritou e fica irritado com a candidata a vereadora petista em Campo Grande, Karla Cânepa. A candidata a vereadora teria feito críticas contra Kemp chegando a chamar ele de "demagogo", o que irritou o candidato do PT, que grita ordenando que Cânepa faça uma retratação ao que escreveu aos candidatos em grupo. Ela disse na ocasião que apenas 8 candidatos estavam sendo beneficiados com mais recursos, enquanto outros receberam  menos de 10% dos recursos para campanha. 

Segundo o irmão de Kânepa, Thiago Cânepa Amorim, o caso ocorreu dentro do comitê dela, na presença de várias pessoas. 

‘’Ele exigiu e tentou forçá-la a excluir do grupo de whatsapp dos candidatos a vereadores do partido dos trabalhadores as informações divulgada pela transparência do TSE com os valores do fundo partidário, algo em torno de 500 mil reais, que favorecem apenas 8 dos 43 candidatos a vereadores do PT em Campo Grande/MS’’, disse Thiago. A lista é pública e está disponibilizada no Portal do TSE de MS. (A LISTA EM QUESTÃO - VEJA CLICANDO AQUI)

OUTRO LADO 

O candidato Pedro Kemp divulgou nota sobre o vídeo em que se exaltou com a candidata a vereadora da mesma sigla, Karla Cânepa, e no documento disse. "Sempre tratei a todos os candidatos e candidatas a vereadores de forma fraterna e respeitosa", rebateu o parlamentar.

Conforme Kemp, Cânepa teria o provocado em grupo fechado do partido, questionando ele sobre a divisão dos recursos, e as ofensas contra sua hora teria se iniciado a algum tempo (desde o início da campanha). Kemp diz que tais acusações agrediu sua história. “Agrediu minha honra e minha trajetória, construídas ao longo de 40 anos de militância no movimento dos direitos humanos e de 20 anos de atuação parlamentar, sempre em defesa da justiça e da dignidade das pessoas, em especial dos mais pobres e injustiçados da sociedade”, disse. 

O candidato é o 3ª colocado nas intenções de votos na Capital e diz que recebeu com supresa a divulgação do vídeo. “Fui surpreendido 24 horas depois com esse vídeo editado e mal-intencionado, que omite meu pedido de desculpas e a conclusão da nossa conversa”, completou. (VEJA AQUI A NOTA NA ÍNTEGRA).