09 de maio de 2021
Campo Grande 30º 15º

AQUARELHA | SAUDADES (SC)

BARBÁRIE EM CRECHE: "cena de terror", diz secretária de Educação de Saudades

Governador e time Chapecoense se manifestaram sobre o ataque ocorrido nessa manhã no centro do município de Saudades

A- A+

"Chegamos lá, uma cena de terror. Consegui entrar na escola. Tinha uma cara deitado no chão, mas ainda vivo, uma professora morta, uma criança morta também. A sala estava fechada, não deixaram a gente entrar”, traduziu a secretária de Educação de Saudades, Gisela Hermann, sobre quando esteve na creche da cidade onde três crianças e uma professora foram assassinadas por um jovem com um facão na manhã desta terça-feira (4. maio).

O delegado regional de Chapecó, Ricardo Newton Casagrande, afirmou que o jovem entrou na escola, que fica no Centro do município do Oeste catarinense, e atingiu as vítimas com um facão. As idades das vítimas e do adolescente não foram informadas. O Corpo de Bombeiros está no local e isolou a área.

“Estou em estado de choque. Estamos todos em estado de choque”, afirmou a secretária. Ela recebeu uma ligação às 9h30 sobre o ataque na creche. As aulas em Saudades foram suspensas por uma semana. O município tem 9,8 mil habitantes e fica cerca de 70 quilômetros de Chapecó, a maior cidade do Oeste catarinense, e 600 quilômetros de Florianópolis.

A creche se chama Aquarela e atende crianças de 6 meses a 2 anos de idade, conforme a secretária.

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), lamentou o ocorrido. 'Todas as energias das forças de segurança da região devem ser empregadas no esclarecimento desse trágico episódio', afirmou no Twitter. 

O time da Chapecoense também se manifestou nas redes sociais sobre o ocorrido:

O adolescente foi detido. A ocorrência chocou a cidade de apenas 9,7 mil habitantes.

FONTE: COM G1.