02 de dezembro de 2021
Campo Grande 30º 22º

Professor de História da UFMS de Nova Andradina é encontrado morto

O professor de História do campus de Nova Andradina da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Ézio Luis Rocha Bittencourt, de 47 anos, foi encontrado morto no final da manhã desta terça-feira (25), em sua residência, localizada na Rua Sete de Setembro.

187783_29651_45765A empregada doméstica do professor chegou na casa da vítima por volta das 11h e estranhou o fato de Ézio Luis ainda não ter acordado. Ela então foi até o quarto do homem e encontrou o corpo, momento em que acionou as autoridades policiais.

Uma guarnição da Polícia Militar e a equipe do Núcleo de Perícias da Polícia Civil esteve no local e constatou a veracidade dos fatos. O homem estava deitado, sem sinais aparentes de violência, o que leva a crer que ele tenha sido vítima de mal súbito.

O veículo da vítima também estava na garagem da casa, fato que descartaria a possibilidade de roubo. Após os levantamentos necessários, a vítima foi removida por uma empresa funerária. O corpo do professor, que morava sozinho no local, deverá ser transladado para o Rio Grande do Sul, onde sua família mora.

Apesar de morar a mais tempo em Nova Andradina, Ézio Luis residia na casa onde foi encontrado morto a cerca de dois meses. Vários amigos e alunos do professor se aglomeravam no local em busca de informações. O caso foi registrado pela Polícia Civil como morte a esclarecer.

 Nova News