07 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

CAMPO GRANDE

Quatro fogem da Máxima, entre eles um que assassinou policiais militares

Os detentos serraram as grades das celas e pularam a muralha

Durante a madrugada desta terça-feira (27) quatro presos fugiram do Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande, no Jardim Noroeste, eles serraram as grades das celas e pularam a muralha, e até o momento não foram localizados.

Segundo informações da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul (Agepen), a fuga foi vista pelo sistema de monitoramento quando foi acionado o alarme, mas os presos conseguiram escapar. Após a fuga, foi realizada a conferência dos presos, para identificação dos fugitivos. 

Os detentos estavam detidos na cela 31, do pavilhão 1, galeria A. Os nomes deles foram divulgados pela Agepen, foram Jhonatan Gomes da Silva conhecido como ‘Barata’, Márcio André Cerdeira conhecido como ‘Deco’, Djordan Willian Ribas da Cruz conhecido como ‘Billy’ e Paulo Ricardo Silva da Rosa conhecido como ‘Bombadinho’.

Jhonatan Gomes da Silva e André Cerdeira tinham passagens por tráfico de drogas e André também por organização criminosa. Djordan Willian Ribas da Cruz, seria um dos executores de dois policiais militares da reserva, em Naviraí a 359 quilômetros de Campo Grande, em 2016. 

A perícia técnica da Polícia Civil também foi acionada e realizou os procedimentos de verificação no presídio. 

Servidores penitenciários realizam vistoria geral no pavilhão, na manhã desta terça (26). Ainda não se sabe como os presos conseguiram os apetrechos para serrar as grades das celas.