17 de junho de 2024
Campo Grande 26ºC

2º Bonito Blues & Jazz Festival começa na próxima quinta com atrações internacionais

A- A+

Começa na próxima quinta-feira, o 2º Bonito Blues & Jazz Festival. O festival, que já se tornou vitrine de bandas e artistas regionais do blues e do jazz, traz em seu primeiro dia, a atração internacional Jazz Trincado. A banda do Paraguai é hoje um dos expoentes do jazz na América Latina, e conquistou fãs com uma mistura de jazz e ritmos regionais sul-americanos.

A noite continua com as bandas douradenses Big Band e Ruído Paralelo. A Big Band promete esquentar o clima com blues clássico, fiel aos acordes e levadas dos bluseiros americanos, e para fechar com chave de ouro, nada melhor que o blues brasileiro ao som de Ruído Paralelo que apresentará um show em tributo a Celso Blues Boy, um dos precursores do estilo no Brasil.

Este ano, o festival traz inovações em sua programação. Fiel à missão de promover e difundir a produção artística sul-mato-grossense, antes de cada noite de show haverá exibição de documentários internacionais e também produções locais sobre o blues. Durante o dia, músicos e amantes do blues e jazz poderão participar de workshops e pockets shows.

Toda equipe de organização do Bonito Blues & Jazz Festival tem trabalhado este ano para fazer com que esta edição seja ainda melhor, mesmo diante da negativa do governo do Estado em investir no festival. De uma certa forma, esta ausência do poder público acabou se revertendo favoravelmente ao festival e gerou uma corrente solidária em torno do evento, do blues e do jazz, que surpreendeu os organizadores do festival. “É um sonho coletivo, de todos nós que amamos blues, jazz e sentimos a necessidade de compartilha momentos de alegria e também de valorizar nossos artistas que mantém esses gêneros musicais vivos”, diz Afonso Rodrigues, organizador do festival.

O festival foi ganhando corpo, adeptos e colaboradores. A campanha lançada no site www.kickante.com.br para angariar recursos para realização do evento surtiu efeito e muitas pessoas colaboraram. As bandas se uniram e aceitaram tocar por cachês reduzidos, fãs de blues como o músico Rahyram Chama, organizaram uma excursão que sai de Campo Grande no sábado pela manhã e volta no domingo. Além de parceiros e produtores culturais da região que ajudaram na divulgação.

LOGO CAMPANHA FACE

Em meio a tudo isso, o festival ainda foi presenteado com a voz de Clayton Sales jornalista, músico, bluseiro, Clayton, que apresenta o programa Blues e Derivados da rádio 104 FM, gravou a vinheta do festival sem cobrar nada, “por amor a causa” e se tornou a voz do Bonito Blues & Jazz Festival.

Afonso relembra que após o sucesso da primeira edição em 2013, ele e sua equipe que perceberam a importância de promover eventos que possam servir de vitrine para os artistas de blues e jazz de Mato Grosso do Sul e fazer com que a produção cultural regional se torne conhecida em todo país e também no exterior, justamente por isso, Bonito foi a cidade escolhida para sediar o festival diante de sua importância na rota turística do nosso Estado.

Por isso, a programação foi escolhida com muito cuidado, para que as bandas locais pudessem dialogar, tocar e criar laços de amizade e relacionamento profissional com os artistas de outros estados e outros países. A ideia era mesclar a programação para que o festival se tornasse um ponto de encontro, que proporcionasse troca de experiências musicais.

Exemplo disso é o show de encerramento, que sem dúvida é o mais esperado. No sábado, dia 15, o lendário guitarrista de blues Greg Wilson, que é natural do Mississipi (EUA) e há 26 anos se radicou no Brasil e fundou a banda Blues Etílicos se apresenta no festival com seu primeiro trabalho solo. Greg aceitou o convite e topou fazer o show tendo a banda campo-grandense Blues de Prima como banda de apoio. O show ainda terá a participação especial da gaitista catarinense Tiffany Harp.

Outras bandas que se apresentam no festival e representam toda diversidade musical do nosso Estado são: Horse Society, Blues Quartet, e Zé Pretim Trio. Horse e Zé Pretim comandam a segunda noite do festival ao lado do banda de Jazz Harmonia Jazz e Blues Quartet abre a terceira e última noite.

Serviço:

Festival acontece entre os dias 13 e 15 de novembro

Horário: 20h

Local: Espaço Madeiral, Bonito (MS)

Os ingressos podem ser adquiridos em Campo Grande, Bonito e Dourados. O ingresso para apenas uma noite do festival custa R$ 30,00, para dois dias, o valor é de R$ 50,00 e para quem deseja assistir aos três dias de shows do festival, o combo de três noites é de R$ 60,00. Os ingressos são limitados.  Informações 92421336 ou 99863373.

Campo Grande:

Blues Bar - Rua Sylvio Muller nº 327, esquina com Via Park. Informações pelo telefone: 92344811. O bar abre de quinta a domingo.

Toca Rock – Rua Hermelita de Oliveira Gomes, nº 846 no bairro Santa Fé.

Dourados:

Oficina das Cordas – Rua Brasil 1197. Telefone - 99016600

Bonito

Conveniência Central - 32551113

**Há ainda possibilidade de compra-los via internet através do site

http://www.kickante.com.br/campanhas/bonito-blues-jazz-festival-precisa-de-voce. Basta colaborar com a campanha Bonito Blues & Jazz Festival Precisa de Você que além de receber recompensas exclusivas do festival, o colaborador também receberá os ingressos para os shows.

Heloísa Lazarini