19 de maio de 2024
Campo Grande 18ºC

NOVELA PANTANAL

Ataques contra Zaquieu levantam discussão sobre homofobia

Enquanto Zaquieu ia embora, ele desabafou a respeito das agressões, tão comuns na vida da população LGBTQIA+

A- A+

Mais uma vez Bruno Luperi trouxe discussões atuais para “Pantanal”, Globo, sua versão da novela exibida em 1990. Extremamente necessário, abordar a homofobia no horário nobre foi o ponto alto da trama nesta segunda-feira, 4 de julho.

O nome de Zaquieu (Silvero Pereira) entrou para os assuntos mais comentados do Twitter, ao lado de outros personagens e do próprio título de “Pantanal”. A cena de sexo entre Juma (Alanis Guillen) e Jove (Jesuíta Barbosa) também ganharam destaque.


Mariana (Selma Egrei) e Irma (Camila Morgado) alertaram Zé Leôncio (Marcos Palmeira) sobre a gravidade das agressões verbais que o mordomo sofreu. Após um monólogo marcante do personagem que deixou o pantanal, o rei do gado foi atrás dos responsáveis pelas ofensas ao parceiro fiel da madame carioca.

Enquanto Zaquieu ia embora, ele desabafou a respeito das agressões, tão comuns na vida da população LGBTQIA+.

O vídeo, emocionante, cativou o público e causou repulsa contra alguns personagens, como Tadeu (José Loreto), um dos responsáveis pela chacota contra o mordomo – que não entendeu a gravidade até o pai ameaçar expulsar da fazenda qualquer um que repetisse atos de intolerância de quaisquer esferas.