16 de agosto de 2022
Campo Grande 33º 23º

POLÊMICA

Haters afirmam que Anitta testou positivo para HIV

De acordo com um grupo de ódio, a cantora testou positivo para HIV

A- A+

Anitta enfrentou mais uma grande notícia falsa na noite desta terça-feira, 2 de agosto. Dessa vez, foram os fãs da cantora que identificaram e mostraram à desinformação à poderosa.

De acordo com um grupo de ódio, a cantora testou positivo para HIV. A informação sobre o diagnóstico do vírus é sigilosa e só pode ter divulgação do próprio portador do vírus. Sendo assim, a notícia só poderia ser verdadeira caso a própria Anitta a divulgasse.


No Twitter, a “Girl From Rio” não deu bola para as notícias falsas. Ela lembrou que ter HIV não deveria sequer ser xingamento no Brasil ou no mundo. Por aqui, o SUS tem um dos melhores sistemas de combate ao vírus no mundo, com diversos tratamentos já em uso.

Ademais, Anitta destacou que os ataques só aumentaram depois que ela se posicionou politicamente:

Se eu for processar cada uma das fake news que estão inventando para mim desde que me posicionei politicamente, vou acabar com meu dinheiro só pagando advogado”

Em seguida, ela explicou também que espera algo realmente importante para combater. Em tempo, destacou que não deu bola sequer para o vídeo adulto de deepfake que fizeram contra ela.

“Só vou gastar quando for algo relevante. Teve também um vídeo de sexo oral que fizeram montagem colocando meu rosto. Eu só me dei o trabalho de abrir, porque queria ver se pelo menos estavam fazendo maneiro. Quem acreditar que sou eu pelo menos está ‘me’ vendo arrasando na performance”, ironizou a carioca.


Como se não bastasse, Anitta também fez uma colaboração para lá de significativa. Ela compartilhou com os fãs quantas pessoas no país vivem com HIV atualmente. São 920 mil brasileiros e brasileiras que convivem com o vírus. Sendo assim, de acordo com ela, há importante parcela dos brasileiros que deveriam “saber em quem não votar”, ao perceber os apoiadores da desinformação publicada anteriormente.

“Quase 1 milhão de pessoas não é considerado gente de bem para esse povo. Bom, pelo menos esse quase 1 milhão já sabem em quem NÃO votar”, afirmou.