25 de maio de 2024
Campo Grande 14ºC

OPINIÃO

Menino de 4 anos conquista a internet ao pedir ensaio com 'sua filha'

O pequeno Jynsen, 4, fez um pedido especial à mãe, a fotógrafa norte-americana Ashley Fitz: um ensaio com sua boneca, Three. Ela só não imaginava que as fotos fariam tanto sucesso!

A- A+

A fotógrafa profissional Ashley Fitz, de Indiana, nos Estados Unidos, já está acostumada a tirar fotos de bebês e crianças, mas para sua surpresa, as imagens que mais a surpreenderam foram as do próprio filho, Jynsen, 4 anos. Ela conta que o menino fez um pedido especial: queria uma sessão de fotos com sua boneca. "Esta noite, enquanto eu estava editando, meu filho mais novo me informou que sua filha, chamada Three, ainda não tinha tirado fotos", contou ela em seu Facebook . "Eu o avisei que Three era um pouco velha demais para conseguir todas as poses de um recém-nascido. Mas ele queria tentar de qualquer maneira", diz.

Nas fotos adoráveis, Jynsen sorri com orgulho enquanto segura "Three" enrolada em uma manta branca e com uma fita na cabeça. As imagens foram compartilhadas mais de 30 mil vezes nas redes sociais, com milhares de pessoas comentando sobre a fofura da dupla. "O que quer que estejas fazendo como mãe, continue! Criando um menino tão querido", escreveu uma pessoa. "Absolutamente adorável. Quando o meu filho tinha 2 anos, ele quis um 'bebê'. Eu deixei-o escolher e até comprei os cobertores e um carrinho. Ele adorou. Eu tinha alguns familiares que reprovavam, mas fiquei tão feliz por não os ter ouvido", relatou outra.

A fotógrafa, que tem outros dois filhos, de 9 e 6 anos, disse que desde que o marido voltou de sua missão, Three ficou um pouco de lado. "Mas ele ainda a leva para embalá-la, brincar com ela e empurrá-la de vez em quando. Ele até tentou amamentá-la - o que aprendeu com a mãe", diz. Ashley disse que, embora a maioria dos comentários sobre a sessão de fotos tenha sido favorável, ela recebeu algumas observações negativas sobre o fato de seu filho brincar com uma boneca, e mais, com uma boneca de uma raça diferente. "Eu sempre o defendo e sempre o farei. Estou ensinando-o a amar, não importa a cor. Estou ensinando-o a ficar de pé quando precisar. Não há nada errado de ele brincar com uma boneca, e um dia ele será uma pessoa muito carinhosa e, talvez, um pai, se ele quiser", afirmou. "É claro que ele ainda gosta de andar de bicicleta, brincar com seus dois irmãos mais velhos e correr na sujeira. Ele é como todo garoto com um pouco de carinho", finalizou.
 

Ensaio fotográfico