19 de maio de 2024
Campo Grande 18ºC

LUTO

Morre Marilene, da dupla As Galvão, aos 80 anos

O fim de As Galvão se deu em junho de 2021, justamente por causa do avanço da doença de Marilene. A cantora havia sido diagnosticada com perda total da memória.

A- A+

Morreu na tarde desta quarta-feira, 24 de agosto, em Paraguaçu Paulista (SP), Marilene, da dupla As Galvão. A cantora sertaneja de 80 anos sofria de mal de Alzheimer e deixou de cantar e tocar viola ao lado da irmã, Mary Galvão, depois de mais de 70 anos de carreira. De acordo com o portal G1, o velório e o sepultamento da artista serão realizados nesta quinta-feira, 25 de agosto. A causa da morte não foi revelada.


Em pouco mais de sete décadas de carreira, a dupla lançou 80 discos. O fim de As Galvão se deu em junho de 2021, justamente por causa do avanço da doença de Marilene. A cantora havia sido diagnosticada com perda total da memória.

Foi em 1947 que As Galvão entraram em cena. Elas se consagraram pioneiras da música caipira. Elas entraram no universo musical sendo as duas primeiras mulheres do cenário sertanejo, até então dominado somente pelo elenco masculino.


Dentre os maiores sucessos como intérpretes, está “Beijinho Doce” (Nhô Pai, 1945), clássico sertanejo lançado pelas Irmãs Castro, mas desde sempre associado às vozes das irmãs Galvão.


Em outubro de 2020, em parceria com a Abraz (Associação Brasileira do Alzheimer), a dupla promoveu uma live para falar sobre a doença. Na ocasião, as cantoras intercalaram uma apresentação musical com informações dadas pelo médico neurologista Rodrigo Schultz. 

Participaram Fátima Bernardes, Ratinho, Reinaldo Gottino, Rodrigo Faro, Henri Castelli, Luiza Possi, Sérgio Reis.

Reprodução YouTube