19 de maio de 2024
Campo Grande 20ºC

ASSÉDIO SEXUAL

Saiba que aconteceu em audiência na Justiça com Dani Calabresa e Marcius Melhem

Segundo ele, tudo aconteceu de forma consensual, e quando estava beijando Maíra, ela teria puxado Calabresa para perto e então teria ficado com ela também

A- A+

Após ser acusado de assédio por Dani Calabresa nos bastidores da TV Globo, Marcius Melhem move um processo cível de reparação por danos morais contra ela, e recentemente, eles e a amiga da atriz, Maíra Perazzo, prestaram depoimento na 22ª Vara Cível do Foro Central de São Paulo.

Com exclusividade, a revista VEJA conseguiu acesso aos relatos dos três envolvidos, cujo principal conteúdo falando da festa de confraternização da emissora em 05 de novembro de 2017, muito relatada por Calabresa para a revista Piauí em 2020, que levou ao afastamento de Marcius Melhem.

 

De acordo com o comediante negou a descrição de que teria tentando beijar Dani de maneira forçada, como tê-la imobilizado na porta do banheiro e lambido o rosto da atriz, além de ter avançado com a calça aberta e exibindo seu pênis.

Segundo ele, tudo aconteceu de forma consensual, e quando estava beijando Maíra, ela teria puxado Calabresa para perto e então teria ficado com ela também. Com isso, após a festa, ele teria buscado flertar mais com a atriz, mas desistiu após notar a falta de reciprocidade.

“A gente trocava mensagem, eu dizendo que ela estava gata, ela dizendo quando é que eu ia correr pelado, mas assim, coisas normais de amigos”, contou ele.


Já Dani Calabresa, confirmou a ficada entre Marcius e Maíra, mas garantiu que aconteceu de maneira diferente. “Totalmente mal-intencionado, vinha me encoxando, tentou me agarrar, me agarrou na pista, me agarrou perto do bar, me agarrou no banheiro, me agarrou saindo do banheiro, e eu virava, virava, tentando me beijar o tempo todo, me agarrou e me desrespeitou o tempo todo!”, afirmou ela.

“E temos testemunhas e amigos, as pessoas viram, a equipe viu! Que até ele me prensou numa parede, e eu falei ‘Para, Marcius, para!’”, continuou ela. “Empurrei a Maíra para ele, e ele abocanhou a Maíra, e ficou ficando com a Maíra, e eu voltei para a pista de dança, lambida, descabelada, abusada e bêbada, animada, mas pensando: ‘Ele não tem limite, acabou, não é brincadeira, ele me agarra mesmo!’”, garantiu a atriz.

RELATO DE MAÍRA PERAZZO

Maíra foi chamada para depor por pedido dos advogados de Melhem, e confirmou as falas de Dani sobre o ex-diretor ter assediado a artista e sobre eles terem ficado. “A Dani me puxou para essa área no final da festa, eu já estava bem embriagada, nessa hora estava o Marcius e eu fiquei com o Marcius nesse momento. As pessoas saíram, eu fiquei sozinha com ele, a gente ficou (se beijou, né, ele me beijou, eu fiquei com ele”.


Ela também disse que não lembra de tê-los visto se beijando, nem que sentisse que a amiga estava mal quando a reencontrou no final da celebração. “Eu não vi ela chorando, nem tremendo, ela só me puxou para ficar com ele”. No dia seguinte, elas conversaram sobre a festa, mas focaram apenas nas coisas divertidas: “Ela me contou que ficou com o Pedro [operador de câmera da TV Globo], que era uma pessoa que ela queria ficar, né? Ela não entrou em nada, nada ruim”.

Posteriormente, Maíra Perazzo e Marcius Melhem começaram a trocar mensagem, e se encontraram no mês seguinte no Rio, e teria ficado “uma hora no máximo, juntos, no apartamento dele”. Todavia, após contar a novidade para Dani Calabresa, a atriz passou a se abrir com ela, falando do suposto assédio e que estava arrependida de “jogar a amiga nos braços deles”.

“Ela não tinha visto a gravidade, nem eu ainda, depois ela sentiu o tamanho da gravidade, que aí ela me contou tudo o que aconteceu”, declarou.


Marcius Melhem confirmou o encontro com Maíra: “Se eu fosse um assediador, alguém que tivesse cometido um ato constrangedor ou violento numa festa, a amiga que ela levou à festa iria, um mês depois, vir ao Rio para encontrar a Dani e me encontrar para transar comigo?”.

 

TROCA DE MENSAGENS

 

Marcius Melhem e Dani Calabresa travam longa batalha na Justiça (Foto: Reprodução/ TV Globo)
Em seguida, a defesa do diretor garantiu que as denúncias de assédio sexual e moral se iniciaram muito tempo depois do acontecimento por conta de um desentendimento profissional entre ele e Calabresa em 2019. Para sustentar a acusação, Marcius reproduziu uma série de mensagens trocadas entre os dois pelo WhatsApp e anexou áudios da atriz que demonstrariam o bom relacionamento entre ambos, antes e depois do suposto episódio de assédio na festa de 2017.

Os advogados de Melhem consideraram o tom da conversa “jocoso e íntimo”, o que deu abertura para mensagens de cunho sexual. Também foi reproduzida uma mensagem da artista dizendo que festa foi “bapho”. Em mais uma mensagem, Dani teria dito: “Deus te deu vários dons”, acompanhado de um emoji de berinjela, para em seguida dizer que escolheu a figura errada, mandando a de um microfone.


Entre tantas interações e troca de mensagens, eles teriam conversando sobre outra festa, ocorrida em abril de 2017, e durante uma conversa sobre nudes, ela chamou Marcius de cantou e mostrou o conteúdo do celular. “Ela me mostrou nudes dela, me mostrou tudo: me mostrou fotos dela totalmente pelada, ela com amigas, ela sozinha, fotos, vídeos, poses, tudo”.

DESABAFO DE DANI CALABRESA

Dani Calabresa afirmou que mostrava o conteúdo para outros amigos, quando Marcius Melhem avançou sobre ela e arrancou o aparelho da mão para ver as fotos. Ainda, ela afirmou que as trocas de mensagens “jocosas” foi uma escolha dela para “não comprar briga com o chefe”.

“Deixa ele me cantar, deixa me chamar de gostosa. Para mim, era uma vantagem. Prefiro continuar brincando com o meu chefe tarado do que comprar briga com ele”, explicou ela, que também citou um “exemplo de saia-justa” com o diretor quando demonstrou interesse em protagonizar o “Furo de Hora”.


“Excelência, ele me garantiu que eu ia, que ia me ajudar a fazer um projeto parecido com o Furo MTV, que eu disse para todo mundo (inclusive ele), que eu queria fazer”, declarou. Esse teria disso, de acordo coma defensa do ator, a desavença que motivou as denúncias contra ele.