22 de maio de 2024
Campo Grande 28ºC

VELÓRIO

Velório de corpo de Glória Maria será reservado à família

O local também não foi divulgado. Glória morreu na manhã desta quinta-feira, 02 de fevereiro. A jornalista lutava contra um câncer

A- A+

Glória Maria sempre foi discreta sobre sua vida pessoal e, diante disso, a família da jornalista decidiu por realizar seu velório apenas para parentes e amigos próximos. O local também não foi divulgado. Glória morreu na manhã desta quinta-feira, 02 de fevereiro. A jornalista lutava contra um câncer.

A notícia do falecimento foi dada pela Globonews. Em novembro de 2019, ela viria também a descobrir um tumor no cérebro, após sofrer um acidente doméstico. Glória Maria foi internada no dia 4 de janeiro para dar continuidade no tratamento, e na ocasião, a alta estava prevista para o dia 6 do mesmo mês. Na época, a Globo não informou o hospital ou clínica onde a jornalista estava internada. Ela estava hospitalizada no Copa Star, no Rio de Janeiro.


Conhecida especialmente pelas centenas de viagens que fez pelo mundo recheando o “Fantástico” e “Globo Repórter” com excelentes reportagens, Glória Maria era o mais puro sinônimo competência, pois era pautada naturalmente pela curiosidade de saber e aprender. “O mais extraordinário é a possibilidade que o jornalismo te dá de aprender.

É uma profissão em que você tem contato direto com todo tipo de emoção”, disse ela, em relato ao site Memória Globo.

 

PEDRO BIAL CHOROU

Na manhã desta quinta-feira, 2 de fevereiro, Pedro Bial esteve no palco do programa “Encontro com Patrícia Poeta” e acabou se emocionando ao relembrar de Glória Maria. A jornalista morreu nesta manhã, após luta contra o câncer.


Bial comentou: “Ela não queria ser vista. A Glória estava sofrendo muito nos últimos tempos. Em dezembro, do dia 30 para o 31, eu sonhei a noite inteira com Gloria. Sonhos divertidos. Mandei uma mensagem para ela no dia 31 para contar isso e desejar um novo ano. E ela me respondeu dizendo que estava…”

“Mal”, completou Patrícia Poeta.

Bial continuou: “É, estava vivendo um inferno há meses. Eu quis… ‘Deixa eu te ver’ e tal, mas ela não queria ser vista. Ela estava muito frágil, e eu acho a natureza da vaidade da Gloria era se mostrar sempre forte.”


“A gente parecia irmão, sabe? Brigava, se implicava, depois se abraçava. Era uma farra. Ela tinha um tesão pela notícia, estar onde as coisas estavam acontecendo”, contou.