03 de dezembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

Mulheres tem destaque no empreendedorismo estadual

O prêmio Sebrae(Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) mulher de negócios premiou mulheres campo-grandenses que fizeram de sua trajetória empreendedora incentivo para diversas outras que desejam investir e transformar seus sonhos em realidade. O incentiva parte das histórias e dos relatos das selecionadas a concorrer o premio.

O evento é muito importante, pois, de acordo com as empreendedoras presentes, ele divulga o trabalho realizado, reconhece as profissionais e mostra que muitas vezes partindo do nada pode se construir um projeto grandioso.

Ieda Ambar, proprietária de uma empresa voltada para a gestão do mercado energético, contou a reportagem que muitas vezes teve dificuldades e que apesar das dificuldades ela não desistiu, teve foco e construiu sua história.

Neste ano cerca de 138 mulheres se inscreveram, 48 de Campo Grande e 90 do interior do Estado, aumento de mais de 30% em relação ao ano passado.

Juliana Pereira Dias é proprietária de uma empresa de estética. Segundo Juliana, as mulheres hoje assumem posições que vão além do próprio lar, chegando aos negócios. A empresária conta que o seu sonho era montar sua estética, com muito esforço ela chegou onde queria o próximo objetivo agora é realizar mais um sonho, montar uma microempresa no ramo.

A secretária da Seprotur (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo), Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, participou do evento e afirmou em tom alegre que as mulheres são estressadas hoje em dia porque estão muito ocupadas desenvolvendo empreendimentos próprios.

Tereza lembrou que o Mato Grosso do Sul está se desenvolvendo a cada dia que passa e que as oportunidades crescem todos os dias. Citou como exemplos cidades do interior como Caarapó – distante 270 quilômetros de Campo Grande e Nova Alvorada do Sul – distante 120 quilômetros de Campo Grande.

O prêmio foi uma realização do Sebrae, com o apoio do Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Subsecretaria da Mulher e da Promoção da Cidadania.

Tayná Biazus