28 de outubro de 2020
Campo Grande 29º 21º

Anelka desmente acordo e diz que recusou Atlético Mineiro

Nicolas Anelka não ficou calado ao ver as notícias de que o Atlético-MG havia cancelado a sua contratação. O centroavante francês utilizou sua conta no Facebook para desabafar, dizendo que havia recusado a oferta que recebeu do clube brasileiro e classificou os rumores de transferência como "imaginários".

A contratação do veterano francês havia sido anunciada pelo presidente Alexandre Kalil, no primeiro final de semana do mês. “Anelka é do Galo”, publicou o cartola em sua conta no Twitter. No entanto, nesta terça-feira, o diretor de futebol Eduardo Maluf declarou que o contrato havia sido cancelado, uma vez que a data-limite para a chegada do jogador (14 de abril) não foi respeitada – o atacante está no Kuwait, no Oriente Médio, para um evento religioso.

"Eu me sinto obrigado a fazer este vídeo por causa das coisas que estão sendo faladas sobre mim", disse Anelka, em um vídeo que, segundo ele, teria sido gravado em 8 de abril - ou seja, na segunda-feira da semana passada.

"Sei que vocês, jornalistas, me farão passar por vilão no final da história. Ouvi dizer que sou aguardado na quinta-feira (10 de abril) no Brasil e que eu assinei um contrato com um clube brasileiro. Essa história é imaginária. Recebi sim uma oferta por meio de um empresário, mas não aceitei. Também nem falei com o presidente ou com nenhuma pessoa deste clube", acrescentou.

"Para mim essa história é completamente fantástica, então fiz este vídeo para dizer que tudo o que vocês ouviram estava errado. Disse que queria ficar em casa com a minha família e cuidando dos meus filhos, e é o que estou fazendo. Sei aonde quero ir se quiser continuar jogando futebol, e este lugar não é o Brasil", concluiu.

Terra