28 de setembro de 2020
Campo Grande 34º 24º

Saúde

Cebola e alho reduzem em 67% o risco de câncer de mama

Pesquisadores americanos e porto riquenhos descobriram que a cebola e o alho podem reduzir o risco de câncer de mama.

Gauri Desai, líder da equipe das universidades de Buffalo, EUA,  e de Porto Rico, estudou o sofrito, um refogado com origem na culinária mediterrânea, que é mania nacional em Porto Rico.

É uma espécie de molho feito com cebola e tomate, refogados em azeite e aromatizados com alho e outras ervas. As mulheres que comiam sofrito mais de uma vez por dia e que, além disso, ingeriam cebola e alho em outros pratos, tiveram o risco de câncer de mama reduzido em 67%.

O resultado do teste levou a um estudo de base populacional.

Motivo

“A cebola e o alho são ricos em flavonóis e compostos organossulfários,” disse Desai.

O pesquisador disse que foi a ingestão total de cebola e alho, e não o sofrito sozinho, que levou à redução no risco de câncer de mama.

Em particular, o alho contém compostos como S-alilcisteína, sulfeto de dialil e dissulfeto de dialil, enquanto as cebolas contêm sulfóxidos de alc(en)il cisteína.

“Esses compostos apresentam propriedades anticarcinogênicas em humanos, bem como em estudos experimentais em animais,” disse Lina Mu, coordenadora do estudo.

Com informações do Diário da Saúde