25 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

Ranking nacional

Melhora nos dados de isolamento social não tira MS da lanterna no ranking nacional

 Mato Grosso do Sul registrou um pequena melhora no índice de isolamento social nesta terça-feira (19.05). Porém, a nova posição no ranking nacional não é motivo para comemorar, já que o Estado continua na lanterna – 25º com 37,5% de adesão – da classificação e só conquistou o up grade porque outros estados registraram índices piores. O que se revelou neste último levantamento é que o sul-mato-grossense continua mantendo a vida em ritmo bem próximo ao normal.

Dos municípios que apresentam maiores números de casos confirmados, Campo Grande (36,80%), Guia Lopes da Laguna (41,80%), Três Lagoas (41,40%), Dourados (39,80%) e Jardim (38,10), nenhum alcançou nem a marca de 50% de reclusão. A situação está tão longe do índice de 70%, considerado ideal pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que o melhor resultado no ranking estadual foi de Laguna Carapã, que conseguiu apenas 53,20% na taxa de isolamento social.

Autoridades do Estado continuam  pedindo para que a população permaneça em casa. Algumas alternativas vem sendo cogitadas para forçar as pessoas a diminuírem as saídas aleatórias, mas o que se espera em tempos de pandemia e aumento sistemático de casos de Covid-19 é que os sul-mato-grossense faça a sua parte.

Nesta quarta-feira (20.05), os números mostram que sem o esforço coletivo será mais difícil combater o vírus. São 693 casos, 52 novas incidências e mais um óbito, ampliando para 17 o número de pessoas que não sobreviveram ao coronavírus.