29 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 20º

Fortes chuvas deixam Rio Verde de Mato Grosso em estado de alerta

As fortes chuvas que caíram sobre o município de Rio Verde de Mato Grosso/MS nestes últimos dias causaram estragos consideráveis, tanto no meio rural como no meio urbano, derrubando cabeceiras de pontes, bueiros, provocando atoleiros nas estradas vicinais e abrindo buracos nas vias não pavimentadas e pavimentadas do perímetro urbano.

As chuvas consistentes causaram pontos de alagamentos, árvores caídas, e as ruas ficaram intransitáveis em diversos bairros da cidade, na zona rural várias cabeceiras de pontes no município tiveram estragos consideráveis dificultando o trânsito de veículos, dificultando principalmente as linhas por onde passa o transporte escolar.

Lembrando que o município hoje tem uma extensa área de lavoura possuindo um dos maiores rebanhos bovinos do estado razão pela qual os produtores precisam de pontes e estradas em boas condições para o escoamento da sua produção.

A secretaria de Obras esta percorrendo as estradas do município a fim de verificar os estragos causados e tomar as providencias cabíveis, já que as chuvas obrigaram a administração a promover serviços emergenciais a fim de garantir as condições de tráfego na zona rural, refazendo pontes, bueiros e estradas, e terá, agora, que alocar recursos financeiros com o intuito de realizar serviços de reparo nas vias públicas urbanas.

Para isso, o prefeito Mario Alberto Kruger (PT) e o coordenador da Defesa Civil do município, Anivaldo Moraes, estiveram visitando os bairros, estradas e pontes do município, verificando a situação caótica em que se encontra a cidade.

“As chuvas tem sido constantes e em grande volume, causando grandes estragos e agora exige de nós uma resposta rápida para reduzir o impacto provocado”, ressaltou o prefeito. O gestor municipal salientou que é preciso paciência por parte da população, no sentido de aguardar a realização dos serviços de reparo nas áreas atingidas pelas chuvas e conviver, temporariamente, com os transtornos causados.

Região News