03 de agosto de 2021
Campo Grande 30º 14º

Mil adolescentes serão vacinadas contra HPV nas aldeias

A- A+

download

Começa nesta segunda-feira, dia 17 de março, a vacinação contra o HPV nas escolas da ReservaIndígena de Dourados. As primeiras a receber os agentes serão as instituições de ensino Ramão Martins e a Laqui.

As demais escolas indígenas em que as alunas serão vacinadas são a Tengatuí Marangatu (dias 18 e 21), Agostinho (dia 18), Pai Chiquito (dia 18), Araporã (dias 19 e 20) e Francisco Meireles (dias 19 e 20).

De acordo com o Núcleo de Imunização da Prefeitura de Dourados, a meta é vacinar 1.038 adolescentes nas aldeias. Nas comunidades indígenas, a faixa etária do público-alvo é ampliada porque estas têm chance de se expor ao risco mais cedo. São vacinadas adolescentes entre 9 e 13 anos de idade nas aldeias, enquanto nas demais localidades a idade é entre 11 e 13 anos.

As doses da vacina já estão disponíveis nas quatro unidades básicas de saúde da família localizadas nas aldeias Jaguapiru e Bororó, assim como nos outros postos de saúde localizados fora da reserva. A aplicação é feita mediante a autorização dos pais ou responsáveis, que podem obter informações sobre a campanha e a importância da vacina tanto nos postos de saúde de seus bairros quanto nas próprias instituições de ensino.

Antes de iniciar a campanha, a prefeitura realizou todo um preparo das equipes das unidades básicas de saúde e das escolas com reuniões. As instituições de ensino, por sua vez, realizaram encontros explicativos com os pais e os professores de biologia repassaram informações aos alunos sobre a vacina e a doença.

Além das aldeias, também recebem as doses nesta semana os alunos das escolas particulares Erasmo Braga (dia 17), Lumiére (dia 18), Delphos (dia 19) e Sei (dia 20) e da Escola Estadual Ramona da Silva Pedroso (dia 20). A vacina nessas escolas será aplicada pelo Núcleo de Imunização com a colaboração de acadêmicos de enfermagem da Unigran.

Ao todo, 60 instituições vão receber os agentes até o dia 30 de abril, quando está previsto o término da campanha. Em Dourados, a meta é vacinar seis mil adolescentes.

Cada menina deve tomar três doses da vacina quadrivalente contra o papilovírus humano (HPV). A segunda dose deve ser tomada seis meses e a terceira dose cinco anos após a primeira, ou seja, a adolescente que tomar a primeira dose na campanha de março deste ano, deve tomar a segunda em setembro e a terceira em março de 2019.

Dourados News