25 de setembro de 2020
Campo Grande 36º 22º

Ônibus e carreta atolam e interditam a 280, produtores reclamam de descaso

As fortes chuvas que caíram em Caarapó neste final de semana, deixaram a BR 280 – (trecho que liga Caarapó a Laguna Carapã) interditada.  Nesta segunda-feira (24), pelo menos 10 ônibus de uma empresa caarapoense e dezenas de carros, não puderam trafegar pelo trecho devido o atolamento de uma carreta e um ônibus.

Os produtores que utilizam a rota para escoar grãos reclamam da manutenção das estradas por parte da Agesul  (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul). “A estrada estava em situação de trafegabilidade, mas o pessoal da Agesul  veio mexer na estrada logo no meio da safra e não terminaram o serviço, agora ficou essa situação de atoleiro. Como vou passar com minhas carretas carregadas aqui?” questionou Edio Kilian.

Um motorista de ônibus que transporta trabalhadores rurais da reserva para uma usina da cidade, disse que ficou na estrada aguardando liberar a pista desde as 3h da manhã. “Só conseguimos sair às 10h quando a pista foi liberada, isso porque um dos produtores colocou sua patrola particular para limpar a pista e puxar quem estava atolado.  A situação aqui está complicada” disse.

Em contato com a gestora da Agesul (Ponta Porã), Suzana Lorenzon Wetters,  o erro foi do encarregado das obras. “As providências serão tomadas imediatamente para corrigir a situação, em breve vamos colocar as pedras nas estradas” argumentou a gestora.

No mês passado um grupo de produtores rurais de Caarapó preocupados em escoar a produção - se reuniu e decidiu colocar máquinas particulares para arrumar parte da BR 280. Com duas motos niveladoras os produtores corrigiram cerca 35 km de estrada. “Arrumamos com nossas máquinas particulares para trabalharmos e agora a estrada ficou pior depois que mexeram e não terminaram o serviço” finalizou Kilian.

Caarapó News