16 de abril de 2024
Campo Grande 24ºC

GUERRA | INTERNACIONAL

260 corpos são achados em rave criada por brasileiros em Israel

O pai do DJ Alok estava presente no festival e iria se apresentar quando os bombardeios começaram

A- A+

No local onde a rave Universo Paralello estava sendo realizada em Israel, no sábado (7.out.23), equipes de resgate encontraram pelo menos 260 corpos após ataques do grupo Hamas. 

A rave foi interrompida pelo ataque surpresa do Hamas, que declarou uma nova guerra na região. Mostramos aqui no MS Notícias, que o estado de guerra foi declarado em Israel no mesmo sábado.   

O festival de música eletrônica foi organizado por um produtor israelense e a região é conhecida por promover festivais do gênero.

Um brasileiro ficou ferido e outros três desaparecidos na área de conflito entre Israel e o grupo Hamas. Um dos brasileiros desaparecidos seria Ranani Glazer, gaúcho que vivia em Israel há sete anos. Ele estaria acompanhado da namorada e de um amigo durante a festa.

O pai do DJ Alok, o também DJ Juarez Petrillo, mais conhecido como DJ Swarup, estava presente no festival e iria se apresentar quando os bombardeios começaram.

A Universo Paralello lamentou o ocorrido. "Estamos consternados, chocados e assustados com tudo que aconteceu e deixamos explicitamente a nossa revolta e nossos sentimentos às vítimas desse ataque perverso", disse. "Não temos informações precisas sobre o ocorrido e sobre o público que estava no festival", afirmou.

O festival foi criado em 2000 e cresceu para se tornar uma das marcas mais conhecidas da música eletrônica brasileira.

O Itamaraty deixou telefones e números de WhatsApp para atender brasileiros em situação de emergência em Israel: +972 (54) 803 5858 e +972 (59) 205 5510. Além disso, o plantão consular geral também pode ser contatado por meio do telefone +55 (61) 98260-0610.